Artes Cênicas

Pós-Graduação Presencial

Apresentação

O curso de Pós-graduação em Artes Cênicas forma docentes e artistas pesquisadores e prepara profissionais qualificados para o exercício das atividades de ensino, pesquisa e desenvolvimento da produção de conhecimento no campo das Artes Cênicas, oferecendo um estudo qualificado de aprofundamento do conhecimento teórico e prático em artes cênicas, além de contribuir para o domínio e produção de metodologias de criação e ensino em artes cênicas e de pesquisas multidisciplinares, fortalecendo o desenvolvimento educacional e artístico das artes cênicas no país.

Objetivos:
* Formar docentes e artistas pesquisadores e preparar profissionais qualificados para o exercício das atividades de ensino, pesquisa e desenvolvimento da produção de conhecimento no campo das Artes Cênicas; 
* Oferecer um estudo qualificado de aprofundamento do conhecimento teórico e prático em artes cênicas; 
* Contribuir para o domínio e produção de metodologias de criação e ensino em artes cênicas e de pesquisas multidisciplinares; 
* Fortalecer o desenvolvimento educacional e artístico das artes cênicas na região sul do país; 
* Promover a articulação entre a prática cênica e as teorias e conceitos literários, artísticos e culturais; * Promover a interação entre a pesquisa acadêmica e o contexto artísticocultural; 
* Responder a uma demanda resultante do crescimento de pesquisa em Artes Cênicas no Brasil, provendo o Estado de um Curso de Pós-Graduação strictu sensu em Artes Cênicas. 
* Unir o ensino e a pesquisa, a teoria e a prática, em todas as áreas do conhecimento, sobretudo, na área artística que lida cotidianamente com os fenômenos criativos, isto é, a observação das construções sociais, a experimentação das múltiplas técnicas somáticas e a reflexão e sistematização desses conteúdos de forma vivencial. 
* Distinguir o que é teoria e prática, pois a experiência in loco das inúmeras formas do expressar torna-se, ao mesmo tempo, fonte de conhecimento conceitual e matéria-prima para a criação artística, além de socialização de conhecimento multissensorial e instantâneo. * Proporcionar aos profissionais envolvidos com a dança, referenciais teóricos e práticos que possibilitem o aprofundamento de seus conhecimentos na área, envolvendo aspectos educativos, formativos, coreográficos e culturais, fomentando a pesquisa e a experimentação científica e pedagógica. 
* Desenvolver a percepção das inter-relações da dança com as dimensões da saúde física e mental, do lazer, da história, educação e da cultura dos povos; 
* Oferecer uma formação artística e humanística para que o aluno -artista considere seu papel de agente cultural, artístico, social e político. 

Público-Alvo: 
Professores de Artes, do Ensino Fundamental, Educação Infantil, Pedagogos, Psicopedagogos. Profissionais interessados em iniciar nas Artes ou na docência. Graduados e profissionais das áreas de Arte e Dança com interesse em se especializar no tema.

Formato do Curso: 
As Aulas acontecem aos sábados e domingos, uma vez ao mês, das 8 às 18h. 



Disciplinas

  • Ofícios para a elaboração de texto com o objetivo de transpô-lo para os palcos, apresentando diante de um público as ideias contidas na obra, através da encenação empreendida por atores. Comparação das AÇÕES da dramaturgia perante suas perspectivas em relação à linha do texto e contexto que se desenrola diante da platéia podendo estar subordinado ao ponto principal e ao comportamento distinto de cada personagem, os quais têm em mente suas próprias metas. Os vários campos de atuação: tragédia, comédia, drama histórico, drama burguês, melodrama, farsa e os musicais, introduzindo aos princípios básicos do estudo do ritmo; movimento corporal e suas categorias de espaço, tempo, força e forma; Conceito do ritmo e sua aplicabilidade em consonância com movimento corporal; Composições rítmicas.
  • Estudos dos novos conceitos de “musicais”, suas origens, conceitos, Teatro Musical Brasileiro e as influencias que recebem, possibilitando pequenas montagens de pot-pourri de alguns trabalhos de musicais no Brasil e no Exterior, experimentando e possibilitando a vivencia ao mundo da arte completa.
  • A cultura como configuradora da contemporaneidade. História e historiografia; identidade cultural; configuração do sentido da vida social pelas mídias. Metodologias de investigação e interpretação da comunicação e da cultura. Crítica das tendências culturais contemporâneas. Cultura contemporânea, corpo e novas tecnologias: diálogos em torno das identidades.
  • Gestão, políticas públicas para o setor, leis de incentivo, as relações mercadológicas onde a cultura se insere e outras questões que artistas, gestores e o público enfrentam na atualidade. Práticas para o desenvolvimento do trabalho para o grupo pertencente ao mesmo, com seus aspectos sociais e culturais regionais.
  • Estudo na pesquisa musical, sonorização dos modelos de espetáculos, partindo desde os princípios corporais ao mecânico, com uma co- produção da sonoplastia adequada aos serviços proposto, distinguindo fatores musicais.
  • Processo artístico de performance, respaldado por uma prática intensa na dança, experimentações, apresentações, leituras filosóficas e reflexões em plena percepção de suas possibilidades de ação sensorial e motora, e na preparação e apropriação do ambiente imediato que o circunda - que meu corpo, em sua temporalidade, assume o espaço e, juntamente com suas memórias – e grande parcela de intencionalidade – configura uma aparência. Mais do que na aparência, centra-se o objeto do presente estudo na questão do fenômeno; do que permite o corpo fenomenal engendrar uma manifestação.
  • Distinção de fatores sociais, que abordam a INTERCULTURALIDADE, fazendo uma mesclagem nas diferentes áreas da ARTE, forte relação com o de educação, ambos uma necessidade e exigência da sociedade atual, associado com o processo educacional do Brasil, num estudo panorâmico das LDB's. Exploração do espaço, peso e tempo através de técnicas de improvisação. Exercícios individuais e em grupos de percepção. Criação de movimento, técnicas de isolamento, expressão dramática e foco. Aprofundamento do conteúdo abordado contextualizando-o a partir de experiências de apreciação, de vivência e incorporação dos elementos de manifestações culturais específicas brasileiras.
  • Estudo panorâmico da História do Teatro do surgimento, até os dias atuais, passando da Grécia a história do Teatro no Brasil e suas principais influências e personagens.
  • Dança-teatro, dança com teatro, dança que engloba elementos do teatro. A necessidade de se entender a dramaturgia do corpo. Dançar e expressar sentimentos usando o corpo. Processo coreográfico e desenvolvimento da INTERVENSÃO URBANA, explorando os espaços e elementos.
  • Ciência pragmática que estudará as bases técnicas do trabalho do ator a partir de um processo comparativo com os vários estilos de interpretação do teatro oriental e ocidental. Analisar o comportamento cênico pré-expressivo que se encontra na base dos diferentes gêneros, estilos e papéis, e das tradições pessoais ou coletivas. Em uma situação de representação organizada, a presença física e mental do ator/bailarino é modelada segundo princípios diferentes daqueles aplicados à vida cotidiana. Esta utilização extra-cotidiana do corpo-mente é aquilo que se chama técnica.
  • Estudo nos campos da cinematografia da realidade teatro, comparando os meios cênicos de pesquisas, ator para cinema, teatro e tv.
  • Estudos experimentais de figurinos alternativos para dança e teatro. Pesquisa de materiais plásticos e técnicas construtivas. Planificação da forma humana. Relações de forma/função. O figurino como elemento cênico. Exercícios de cenografia em escala reduzida. Objetos cênicos e adereços. Exploração de espaços alternativos e improvisação cenográfica. A rua como espaço cênico.
  • Personalidade, comportamento e características; Biótipo – constituição física, estudo de proporções; Vestuário – roupas, acessórios e adereços; Cores – indicativo de emoção; Postura e Movimentos – Model Sheet - indicativo de personalidade e intenções; Expressão Facial – indicativo de comportamento, pensamento, opinião; Voz – timbre, tonalidade, velocidade, indicativo de emoção; História de Fundo – Situar o personagem em um tempo e espaço; Aplicação destes personagens em embalagens e estampas.
  • Compreensão dos elementos que envolvem uma montagem teatral. Apresentação pública dos resultados obtidos. Exploração dos componentes expressivos da voz na elaboração do personagem. Estudo do conceito de personagem em diversas formas teatrais; relação entre o processo de criação da cena e a composição dos aspectos individualizantes do personagem.
  • Um panorama na história da MODA, durante o processo de aperfeiçoamento e qualificação das Artes Cênicas, associados às maquiagens e figurinos que abordava cada época, explorando os diferentes e diversos materiais para a fabricação e utilização na fomentação da mesma.

(*) Estas disciplinas serão desenvolvidas por situações de CDE – Centro Digital de Estudos.

Diferenciais

  • Aulas presenciais com as maiores referências na área.

  • Seu certificado emitido pela Faculdade que é nota MÁXIMA (5) no MEC.

  • Corpo docente de diferentes regiões do Brasil composto por mestres e doutores em sua maioria.

  • Curso com a qualidade CENSUPEG, instituição reconhecida por ter uma das maiores e melhores estruturas de pós-graduação na modalidade presencial do Brasil.