Atendimento de Enfermagem em Unidades Básicas de Saúde

Pós-Graduação EAD

Apresentação

Exercer o nobre ofício da enfermagem em unidades básicas de saúde é um verdadeiro desafio para os profissionais dessa área. O sistema é complexo e carente de recursos de toda ordem. Essa realidade exige do profissional algumas habilidades técnicas e científicas fundamentais para assegurar o bom atendimento da população. Além das peculiaridades do SUS, questões relacionadas à segurança e controle epidemiológico são determinantes para o pleno exercício profissional nessas unidades.

Objetivos:
Ao término deste curso você poderá atuar no atendimento de enfermagem em unidades básicas de saúde, de uma maneira abrangente e consistente, com conhecimentos em atenção básica à saúde do homem, do adulto, do idoso, da mulher, da criança e do adolescente, entre outros conteúdos relevantes para a atuação profissional como microbiologia, imunologia etc.

Público-Alvo:
O curso de especialização lato-sensu de Atendimento de Enfermagem em Unidades Básicas de Saúde oportuniza ao seu concluinte uma visão ampla sobre as competências, habilidades e conhecimentos necessários para atuar no atendimento à população nessas unidades. O curso consegue abordar aquilo que é realmente necessário para uma atuação competente e eficaz por parte do futuro especialista.

Formato do curso:
Conteúdo 100% on-line.
Trilha de aprendizagem com materiais teóricos, vídeos introdutórios e slides.
Materiais das aulas disponíveis para download.
Inicie o curso em até 7 dias após a confirmação da sua matrícula.

Disciplinas

  • A morte e o morrer; A morte no processo de desenvolvimento humano; Necessidades do doente e da família; O processo de luto; Câncer; Epidemiologia do câncer; Comunicação terapêutica; Aceitando o fim, como encarar a morte?; História dos cuidados paliativos; Modelos organizacionais em cuidados paliativos; Qualidade de vida; Dilemas éticos e bioéticos relacionados ao fim da vida; Espiritualidade em cuidados paliativos; Aspectos fisiológicos em cuidados paliativos; Procedimentos de enfermagem em cuidados paliativos; Profissionais da saúde diante da morte
  • Aspectos teóricos da atenção primária; Política Nacional de Atenção Básica (PNAB); implantação e implementação da Estratégia Saúde da Família (ESF); Diretrizes operacionais da ESF; Possibilidades e desafios no cotidiano da ESF; Etapas de implantação da ESF; Indicadores da ESF no Brasil e em Pernambuco; Desafios e possibilidades de expansão da ESF
  • Clínica Ampliada na ESF; Núcleo Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica (NASF-AB); NASF-AB e o apoio à inserção da ESF; NASF-AB na perspectiva da rede de serviços; NASF-AB como estratégia de fortalecimento da atenção básica; NASF-AB no escopo das ações da Atenção Primária; NASF e sua capacidade de resolutividade; Processo de territorialização na ESF
  • Riscos ocupacionais e otimização do ambiente laboral; Abordagem ergonômica do trabalho; Normas regulamentadoras do trabalho (NRs); Considerações críticas e limites da ergonomia; Evolução histórica da segurança do trabalho; Segurança no trabalho; Classificação dos riscos ocupacionais; Vigilância em saúde e a saúde do trabalhador; Investigação dos acidentes e incidentes de trabalho; Avaliação dos acidentes e incidentes de trabalho; Teorias sobre acidentes; Embargo e interdição; Qualidade no sistema de gestão da segurança ocupacional; Certificação e acreditação; Certificação de sistemas de gestão de segurança e saúde no trabalho; SESMT e CIPA
  • Tecnologias em saúde; Política nacional de ciência, tecnologia e inovação em saúde; Tipos e classificações das tecnologias em saúde; Ciclos de vida de uma tecnologia em saúde; Avaliação de tecnologias em saúde: ensaios clínicos; Métodos de avaliação de tecnologias em saúde; Avaliação de custos e impacto econômico; Bioética e tecnologias em saúde
  • Gestão de tecnologias em saúde; Tecnologias de alto custo e alta demanda; Tecnologias em saúde como ferramentas de gestão; Tecnologias da informação em serviços de saúde; Tecnologias na gestão hospitalar; Ações de manutenção; Gestão do risco e dos espaços em tecnologias de saúde; Riscos relacionados ao uso de tecnologias em saúde
  • Compreendendo os microrganismos e como eles foram descobertos; Entendendo a classificação dos microrganismos; Identificando as principais características das bactérias; Identificando as principais características e diferenças entre fungos e vírus; Compreendendo a patogênese da infecção bacteriana; Investigando a microbiota normal humana; Identificando as principais características dos bacilos gram positivos; Identificando as principais características de bacilos gram-negativos e algumas bactérias gram positivas; Identificando algumas características dos fungos e as principais doenças que causam; Caracterizando os vírus; Entendendo o processo da patogênese das doenças virais; Identificando as principais características dos parasitas; Introduzindo a imunologia e reconhecendo os antígenos; Descrevendo a maturação, ativação e regulação dos linfócitos; Caracterizando os mecanismos efetores das respostas imunes; Estudando o sistema imune na doença
  • Atenção à saúde; Políticas de saúde para públicos específicos; Saúde do homem; Condições crônicas de saúde; Pactos políticos e programas; Contexto sociopolítico da política pública de atenção ao idoso no Brasil; Política nacional de saúde da pessoa idosa; Indicadores de envelhecimento no idoso; Relação médico paciente; Relação médico paciente e a atenção humanizada; Estratégias de saúde da família; Núcleos de apoio e assistência; Família como centralidade nas políticas públicas; Envelhecimento biopsicossocial e ambiental; Planejamento de ações na saúde; Avaliação de ações/riscos em saúde do homem
  • Morbimortalidade no processo reprodutivo humano e na situação ginecológica; Tipos de morbidade; Implicações fisiológicas e psicológicas do ciclo menstrual e da gestação; Assistência de equipes multidisciplinares; Programa Rede Cegonha; Planejamento familiar; Cuidado com os principais agravos da saúde da mulher; Problemática da saúde da criança e do adolescente no Brasil; Indicadores de morbimortalidade nacionais em saúde da criança; Determinantes de morbimortalidade infantil e juvenil; Programa de atenção à saúde da criança e do adolescente; Assistência à saúde da criança e do adolescente nas unidades de ESF; Membros da equipe de saúde e da família; Promoção e proteção do crescimento e desenvolvimento infantil; Ações da clínica e do cuidado nos principais agravos da saúde da criança e do adolescente; Atenção integrada às doenças prevalentes na infância
  • Compreendendo a evolução tecnológica que culminou com a era digital; Redes de computadores; Bancos de dados; Sistemas e aplicativos: um panorama do cenário atual; Conceitos básicos de hardware; Periféricos; Sistemas operacionais; Pacotes office; Sistemas tradicionais e equipamentos informatizados em ambientes hospitalares; O Datasus; Sistemas de pesquisa em saúde; Gestão Documental; Inteligência artificial; Data Warehouse e Data mining; Segurança da informação; Tendências tecnológicas

Diferenciais

  • Acesse a Trilha de Aprendizagem como, onde e quantas vezes quiser.

  • Material digital disponível para download.

  • Parcelas acessíveis que cabem no seu bolso.

  • Seu certificado emitido pela faculdade que é nota MÁXIMA (5) no MEC.

  • Curse em 6 ou 12 meses.

  • Receba um código de desconto 30%, entre em contato com o Consultor de Carreira mais próximo da sua cidade por meio do whatsapp.