Dança Educacional

Pós-Graduação Presencial

Apresentação

O curso de Pós-graduação em Dança Educacional proporciona aos profissionais envolvidos com a dança, referenciais teóricos e práticos que possibilitem o aprofundamento de seus conhecimentos na área, envolvendo aspectos educativos, formativos, coreográficos e culturais, fomentando a pesquisa e a experimentação científica e pedagógica, além de desenvolver a percepção das inter-relações da dança com as dimensões da saúde física e mental, do lazer, da história, educação e da cultura dos povos.

A Pós-graduação em Dança Educacional do Censupeg promove a inserção da Dança enquanto área de conhecimento específico no fluxo dos saberes novo e já consolidado que se articula para subsidiar os estudos e compreensões sobre os processos de cognição, comunicação e evolução, e subsidia a prática profissional acadêmica, artística e/ou técnica na área de dança com instrumental teórico e aparato pedagógico, atualizados e apropriados às especificidades da dança, promovendo a necessária aproximação entre universidade e sociedade.

Público-Alvo:
Profissionais das áreas de Humanas, Saúde e Biológicas. Pessoas que são amantes da arte de dançar e que desejam criar, desenvolver e coordenar ações e projetos de dança.

Formato do Curso:
As Aulas acontecem aos sábados e domingos, uma vez ao mês, das 8 às 18h. 



Disciplinas

  • Compreender a linguagem da dança na escola. Propiciar um maior conhecimento do corpo e do movimento por meio do dançar. Proporcionar a integração entre as pessoas, o desenvolvimento da motricidade, da criatividade e da expressão corporal. Ampliar o repertório motor. Propiciar o desenvolvimento da auto-expressão criativa através dos estudos de Rudolf Laban e técnicas específicas de expressão corporal. Utilizar a linguagem da dança como um elemento auxiliar no processo de aprendizagem das crianças. Possibilitar uma análise crítica em relação às formas de movimento e seu significado dentro de um contexto educativo sócio-cultural. Entender a fala corporal, movimentação e gestualidade como expressões do corpo. Oferecer subsídios práticos e teóricos para que o profissional possa refletir e usar alguns elementos da linguagem da dança junto às crianças no ensino fundamental.
  • A dança em antigas civilizações. A evolução técnica e artística da dança. Os grandes inovadores. Os diversos estilos de dança e linhas coreográficas. A dança na atualidade.
  • O corpo e sua estrutura musculoesquelética. A relação entre os hemisférios corporais e sua ação no movimento da dança. Membros superiores/inferiores; tronco e coluna vertebral. As articulações e a relação aos movimentos de giros e impacto.
  • Estudo voltado para aplicação pratica e teórica das diferentes nomenclaturas e didáticas técnicas da dança global, contextualização suas bases de nomenclatura direcionado ao ensino e aprendizagem da dança.
  • Introdução aos princípios básicos do estudo do ritmo; movimento corporal e suas categorias de espaço, tempo, força e forma; conceito do ritmo e sua aplicabilidade em consonância com movimento corporal; composições rítmicas.
  • Agregar novas possibilidades na criação em dança com aporte nas novas mídias e seus processos tecnológicos, permeando o corpo e sua relação com a arte e o conceito de avanços tecnológicos para a dança. Dialogando entre o espaço físico e o espaço virtual; O corpo físico e o corpo virtual; Possibilidades de criação entre corpo e tecnologia. Os recursos tecnológicos como possibilidade de criação em dança; Estudo de processos criativos e produtos artísticos que envolvem dança e novas mídias.
  • Educação para saúde na escola. Técnicas de Arte terapia, Klauss Vianna, Biodança e outros métodos de melhoria e correção postural e corporal abrangendo entendimento para a aplicação da dança nas diferentes situações dentro do sistema educacional.
  • Pedagogia da Diversidade, Histórico das Necessidades Especiais, visual, auditiva, física e mental, Histórico da Dança Educação e seus Benefícios no Processo de Ensino Aprendizagem, Metodologia e Desenvolvimento Pratico e Teórico na inserção da Dança com Portadores de Necessidades especiais, Política de Atendimento as Pessoas com Deficiencia.
  • Folclore, Introdução ao ensino das danças populares e folclóricas, metodologia do ensino das danças populares e folclóricas, história da dança folclórica, danças populares folclóricas européias e brasileiras, Cultura popular, erudita e de massa, danças folclóricas e parafolclóricas.
  • Sistematização da construção do movimento em dança e metodologia de trabalho. Conceituação, improvisação e composição em dança. Estudos técnicos fundamentais da arte de coreografar. Prática e reflexão da composição coreográfica. Movimento humano expressividade e técnica.
  • Educação do corpo e consciência corporal na dança. Capacidade criativa e improvisação na dança. Linguagem e expressão do corpo dançante.
  • A dança e seus aspectos interdisciplinares. Conteúdos da dança e sua relação com a realidade escolar. Expressão e comunicação através da dança de forma pessoal e/ou coletiva, articulando a percepção, a imaginação. A construção do corpo negro e sua resistência cultural.
  • Introdução e prática dos ritmos mais populares na dança de salão. Aquisição de ritmo, desenvolvimento do raciocínio e reflexos rápidos na execução dos passos, bem como o desenvolvimento da relação corporal a dois e o espaço ao redor. Relação de grupo e sua sociabilidade serão uma das tônicas dessa disciplina.
  • Bases teóricas e práticas do processo de estruturação da Arte Circense (acrobacia, flexibilidade, maquiagem, misancene) articulado ao ensino prático do desenvolvimento teatral (jogos teatrais, animação, teatro escolar).
  • Papel da didática. Planejamento como processo de organização do ensino. Componentes do processo de ensino aprendizagem. Processo de criação coreográfica e montagem de aula prática.
  • A pesquisa. O lugar do Sujeito que pesquisa. O planejamento e a reflexão do que sabemos e não sabemos. As tendências educacionais. A avaliação. O que é? Diretrizes contemporâneas. A formação do professor. O papel do professor. O olhar do professor sobre o processo de aprendizagem.
  • Ciência e produção do conhecimento. Conceitos e concepções de pesquisa. A pesquisa como princípio científico. Pesquisa: abordagem quantitativa e qualitativa. Método e metodologia. Métodos de pesquisa. Projeto de pesquisa. Produção de texto científico.
  • O lugar do Sujeito que pesquisa. O planejamento e a reflexão do que sabemos e não sabemos. As tendências educacionais. A avaliação. O que é? Diretrizes contemporâneas. O olhar do professor sobre o processo de aprendizagem. A estrutura de um trabalho de graduação interdisciplinar, artigos científicos e relatórios, são constituídos de três partes fundamentais, de acordo com a ABNT (NBR 14724): elementos pré-textuais, elementos textuais e elementos pós-textuais.

(*) estas disciplinas serão desenvolvidas por situações de CDE – Centro Digital de Estudos.

Diferenciais

  • Aulas presenciais com as maiores referências na área.

  • Seu certificado emitido pela Faculdade que é nota MÁXIMA (5) no MEC.

  • Corpo docente de diferentes regiões do Brasil composto por mestres e doutores em sua maioria.

  • Curso com a qualidade CENSUPEG, instituição reconhecida por ter uma das maiores e melhores estruturas de pós-graduação na modalidade presencial do Brasil.