Enfermagem – Centro Cirúrgico e CME/SRPA

Pós-Graduação Presencial

Apresentação

Objetivo Geral: 
Qualificar enfermeiros para atuar nas unidades de Centro Cirúrgico, Recuperação Pós-Anestésica e Centro de Material e Esterilização para planejamento, gestão e intervenções em enfermagem agindo nos processos de transformação da realidade de seu contingente populacional, de forma humanizada e segura, direcionada aos pacientes, respectivos familiares e sociedade.

Objetivos Específicos:
* Analisar aspectos teórico-práticos relacionados aos principais temas que contemplam a ação da enfermagem em Centro Cirúrgico;
* Atuar na Assistência direta ao usuário no Centro Cirúrgico no período transoperatório e pós-operatório imediato; 
* Capacitar para o manejo, a administração, logística e esterilização de materiais manuseados em centros cirúrgicos;
* Desenvolver a gestão de enfermagem em bloco cirúrgico;
* Treinar para o transporte eficaz e o deslocamento dos usuários durante os procedimentos; 
* Desenvolver habilidades para a interação multiprofissional no processo de trabalho em Centro Cirúrgico.

Público-Alvo:
Enfermeiros 

Formato do Curso:
As Aulas acontecem aos sábados e domingos, uma vez ao mês, das 8 às 18h. 




Disciplinas

  • O código de ética dos profissionais da área da saúde. A autonomia, emancipação e plena expansão dos indivíduos sociais. A benevolência, a defesa da universalidade dos direitos humanos. A consolidação da cidadania, o respeito à diversidade, o acesso as informações e a verdade. OBJETIVO GERAL: Ampliar a discussão sobre os conteúdos da ética e legislações da saúde com ênfase ao Transplante de Múltiplos Órgãos. OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM: Conhecer e discutir as legislações da saúde vigentes sobre transplante de órgãos; refletir criticamente sobre Ética no contexto do transplante de múltiplos órgãos e tecidos; apresentar e discutir cases sobre questões éticas relacionados ao transplante de múltiplos órgãos e tecidos.
  • Gerenciamento dos procedimentos de enfermagem na Hemodinâmica. Implantação, desenvolvimento e manutenção da qualidade do cuidado de enfermagem na hemodinâmica. Sistemas de comunicação. Agendamento procedimentos. Reprocessamento de resíduo. Gestão de Pessoas (dimensionamento, recrutamento e seleção, avaliação de desempenho), Relacionamento interpessoal e Atuação Multiprofissional. Gestão de Recursos Materiais (logística de materiais e equipamentos). OBJETIVO GERAL: Identificar os processos de gerenciamento dos serviços de uma hemodinâmica, visando colaborar para o procedimento seguro e contribuindo para sustentabilidade da instituição. OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM: Compreender as principais características dos procedimentos de enfermagem na hemodinâmica; reconhecer os principais fatores na implementação, desenvolvimento e manutenção da qualidade do cuidado de enfermagem na hemodinâmica; compreender o sistema de comunicação e agendamento procedimento de uma instituição; conhecer o processo de reprocessamento de resíduos há hemodinâmica de
  • Gerenciamento dos procedimentos de enfermagem no bloco cirúrgico. Implantação, desenvolvimento e manutenção da qualidade do cuidado de enfermagem no bloco cirúrgico. Sistemas de comunicação. Agendamento cirúrgico. Reprocessamento de resíduo. Gestão de Pessoas (dimensionamento, recrutamento e seleção, avaliação de desempenho), Relacionamento interpessoal e Atuação Multiprofissional. Gestão de Recursos Materiais (logística de materiais e equipamentos). Planejamento Estratégico. Qualidade e a Certificação dos Serviços de Saúde, Metodologia de Avaliação da Qualidade dos Serviços de Saúde, Ferramentas de Avaliação, Monitoramento e Controle, Acreditação em Saúde, Gerenciamento do Sistema de Garantia da Qualidade em Saúde. OBJETIVO GERAL: Identificar os processos de gerenciamento dos serviços de uma unidade de Centro Cirúrgico, visando colaborar para o procedimento seguro e contribuindo para sustentabilidade da instituição. OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM: Compreender as principais características dos procedimentos de enfermagem no bloco cirúrgico
  • Gerenciamento dos procedimentos de enfermagem em Centro de Material. Implantação, desenvolvimento e manutenção da qualidade do cuidado de enfermagem em Centro de Material. Sistemas de esterilizações. Organização de materiais esterilizados. Entrada e saída de matéria, como realizar o devido controle. Armazenamento de material. Estocagem de matéria. Reposição de material e seu controle de usos OBJETIVO GERAL: capacitar o enfermeiro na gestão de um centro de material. OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM: orientar o enfermeiro em ações de enfermagem em centro de material; rotinas na esterilização de material; formas e métodos de armazenagem.
  • Histórico das Infecções Hospitalares; Medidas de Bloqueio Epidemiológico; Principais Síndromes Infecciosas Hospitalares do Cliente Cirúrgico; Ambiente e Barreiras para Prevenir Infecções em Centro Cirúrgico. OBJETIVO GERAL: Identificar o mecanismo de controle das infecções hospitalares. OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM: Conhecer diferentes barreiras para prevenir as Infecções em Centro Cirúrgico; conhecer medidas de bloqueio epidemiológico para reduzir Infecções do Sítio Cirúrgico (ISC).
  • Recursos humanos (equipe multiprofissional) e atribuições. Estrutura física e equipamentos do CC, Estrutura física e equipamentos da CME, Estrutura física e equipamentos da SRPA. Biossegurança e epidemiologia das infecções de sítio cirúrgico. Ergonomia no trabalho em CC. Prevenção de acidentes e doenças ocupacionais em CC. OBJETIVO GERAL: Definir os conceitos referentes ao planejamento, organização da unidade associando a estrutura arquitetônica e o controle de infecção. OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM: reconhecer a área física, estrutura e composição na elaboração de projetos para de CC e sua finalidade; analisar as mudanças nos estabelecimentos assistências de saúde elencando os avanços na qualidade das áreas físicas bem como na assistência; correlacionar os problemas inerentes a distribuição desses espaços e a saúde dos usuários; mapear as áreas de um CC, CME e SRPA; Conhecer instrumentos e ferramentas que contribuem na prevenção das Infecções Hospitalares.
  • Instrumentalizar o enfermeiro na implantação, criação e execução da SAEP em centro cirúrgicos, demonstrado ferramental e tecnologias na utilização do melhor cuidado ao paciente perioperatorio. Elaborar estudos de caso em diversos procedimentos cirúrgicos na utilização da SAEP. OBJETIVO GERAL: instrumentalizar enfermeiros a utilização da SAEP OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM: demostrar procedimento, realizar estudos de caso nos diversos procedimentos cirúrgicos.
  • Entender os conceitos e os objetivos que integram a segurança do paciente no centro cirúrgico a partir das concepções da Organização Mundial de Saúde; identificar e prevenir eventos adversos, danos e erros no cuidado em saúde; promover a cultura da segurança; discutir o gerenciamento de riscos no centro cirúrgico e a biossegurança; discutir as Metas de Cirurgia Segura; Sign-In, Timi-Out e Sing-Out. OBJETIVO GERAL: capacitar os enfermeiros nas normas de segurança dos pacientes. OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM: demonstrar as ferramentas de análise de procedimentos seguros.
  • Estrutura física e equipamentos da CME. Planejamento, organização e controle das áreas. Limpeza, desinfecção e esterilização. Preparo de materiais termo sensível. Tipos de esterilização. Invólucros cirúrgicos. Definição e monitoramento de processos. Segurança e validação do processo de esterilização. Registro e controle de qualidade nos processos. Interfaces do cuidado de enfermagem e Centro de Materiais e Esterilização. Legislações e normas técnicas. Organização do trabalho. Legislações vigentes. OBJETIVO GERAL: Reconhecer a estrutura e funcionamento da Central de Material e Esterilização, identificando o processo de planejamento das atribuições de enfermagem em instituições de saúde que processam artigos odonto-médico-hospitalares aos serviços de saúde (hospitais, clínicas, laboratórios, consultórios, etc.) para a assistência médica e hospitalar. OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM: Instrumentalizar o aluno para melhoria do processo de esterilização e avaliação dos serviços de saúde. Analisar a prática da enfermagem no CME, considerando os d
  • Conhecer as técnicas de cirurgia robóticas mais realizadas atualmente; reconhecer materiais e equipamento utilizados em cirurgias robóticas; esterilização de materiais utilizados em cirurgias robóticas; assistência de enfermagem junto a um procedimento de cirurgia robóticas. OBJETIVO GERAL: familiarização com as cirurgias robóticas. OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM: reconhecer matérias, equipamentos e formar de esterilização e armazenamento dos materiais.
  • Atuação do enfermeiro junto aos devidos cuidados de enfermagem dentro de um Centro Cirúrgico; reconhecer principais procedimentos de enfermagem dentro do Centro Cirúrgico; organizar equipe dentro dos devidos blocos; OBJETIVO GERAL: Capacitar enfermeiros para atuar no Centro cirúrgico, promovendo a interação enfermeiro/paciente/família antes e durante o ato cirúrgico, visando práticas seguras. OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM: identificar os principais procedimentos de enfermagem em um bloco cirúrgico.
  • Realizar ações de enfermagem juntamente ao paciente saindo de uma sedação; reconhecer sinais de gravidades pós-operatórios; priorizar atendimento imediatos os pacientes graves; interpretar gasometria arterial em suas possíveis alterações em uma sala pós-operatória. OBJETIVO GERAL: Reconhecer gravidade em pacientes pós-anestesia e saber estabilizar o mesmo OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM: identificar procedimentos de enfermagem em sala de recuperação pós-anestésica.
  • Aspectos gerais da farmacocinética, farmacodinâmica, estocagem, preparo, cálculo de dosagem e administração de medicamentos. Farmacologia aplicada ao Centro Cirúrgico e Unidade de Recuperação pós – anestésica. Assistência de enfermagem na recuperação anestésica. OBJETIVO GERAL: Relacionar os diferentes tipos de fármacos pré-anestésicos com o procedimento cirúrgico. OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM: identificar as alterações psicofisiológicas nos clientes/ pacientes decorrentes do ato cirúrgico e da anestesia. Relacionar os tipos de anestésicos utilizados na sala de operação. Identificar os efeitos colaterais decorrentes da anestesia.
  • Abordar o Trabalho em equipe, Humanização no atendimento e a Atuação do enfermeiro e a equipe multidisciplinar e os princípios éticos. OBJETIVO GERAL: Ampliar a discussão sobre as relações profissionais no processo de trabalho em Centro Cirúrgico. OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM: Compreender as relações entre a equipe multiprofissional que atuam no Centro Cirúrgica; identificar os elementos que interferem no funcionamento do Centro Cirúrgico; Debater as características da política nacional de humanização e suas contribuições para o atendimento qualificado e humanizado.
  • Cuidados ao potencial Doador de órgãos; Aplicação de protocolo no Pré/ Trans e Pós/Trans Renal; Captação de múltiplos órgãos (CC); Assistência de Enfermagem ao paciente Transplantado. OBJETIVO GERAL: Capacitar o enfermeiro para identificar o processo de captação de múltiplos órgãos e tecidos. OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM: compreender o processo de captação de múltiplos órgãos e tecidos, conforme protocolos e legislação vigente; conhecer protocolos de captação de múltiplos órgãos e tecidos, bem como, legislações vigentes; conhecer a logística de captação de múltiplos órgãos e tecidos.
  • Discute o desenvolvimento humano e aspectos relacionados a aprendizagem para organização da prática docente em âmbito acadêmico, considerando a didática como princípio de organização técnica-pedagógica. Apresenta formas de organização de planejamento, ensino e avaliação de conteúdo, focando no trabalho com as Metodologias Ativas de Aprendizagem. Estas, por sua vez, possibilitam que os estudantes sejam autores e pesquisadores no seu processo de construção de conhecimento.
  • Reconhecer a importância da capacidade de comunicação para a carreira; Identificar os fundamentos básicos da comunicação; Construir o conceito de liderança; Listar e aplicar os princípios básicos de liderança; Identificar um método para gerenciar o seu tempo; Utilizar um gerenciamento do tempo mais efetivo; Definir o que é equipe de trabalho; Identificar os aspectos importantes para se fazer parte de uma equipe; Construir um plano de carreira adequado a sua visão pessoal e profissional; Reconhecer o conceito de gestão da qualidade; Analisar a gestão da qualidade e de processos; Reconhecer a necessidade do desenvolvimento específico de lideranças; Comparar o conceito de hospital na época moderna em relação à Antiguidade; Descrever o hospital como uma unidade integrada de saúde; Listar as principais funções do administrador hospitalar; Apresentar os desafios na área de gestão de pessoas. OBJETIVO GERAL: aprender as principais diretrizes sobre gestão em serviços de saúde. OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM: identificar situações de liderança e g
  • Aborda as diferenças entre os tipos de conhecimento, colocando os diferenciais do conhecimento científico e como funciona a sua produção através de diferentes Métodos e técnicas de pesquisa. Apresenta processos de análise de fatos, dados, teorias e revisão literária, apontando como elaborar um texto científico, considerando os padrões éticos de pesquisa e autoria, de acordo com as normas da ABNT.
  • Ciência e produção do conhecimento. Conceitos e concepções de pesquisa. A pesquisa como princípio científico. Pesquisa: abordagem quantitativa e qualitativa. Método e metodologia. Métodos de pesquisa. A capacidade de comunicar a pesquisa através da escrita científica. A satisfação pessoal através da autonomia da escrita.

(*). Estas disciplinas acontecem pautadas na Metodologias Inovadoras de Aprendizagem e são oferecidas no AVA – Ambiente Virtual de Aprendizagem acadêmico.
(**) Disciplinas onde a experiência de aprendizagem ocorre exclusivamente na modalidade presencial.
(***) O Módulo opcional estará disponível no portal do acadêmico, mediante rematrícula no curso e aceite em Contrato de Prestação de Serviços com valores adicionais.

Diferenciais

  • Aulas presenciais com as maiores referências na área.

  • Seu certificado emitido pela Faculdade que é nota MÁXIMA (5) no MEC.

  • Corpo docente de diferentes regiões do Brasil composto por mestres e doutores em sua maioria.

  • Curso com a qualidade CENSUPEG, instituição reconhecida por ter uma das maiores e melhores estruturas de pós-graduação na modalidade presencial do Brasil.


Coordenador Técnico


Enfº Nelson Augusto Mendes

Enfermeiro na Faculdade Uniandrade Curitiba PR; Especialista em Enfermagem em Urgência e Emergencia; Especialista em Transporte Aeromédico e Medicina Aeroespacial; Enfermeiro de Voo Hércules Táxi Aéreo; Enfermeiro Intervencionista do SAMU RMC; Professor de Pós-graduação em Enfermagem Aeroespacial, Transporte e Resgate Aéreo na Faculdade Censupeg; Professor e Coordenador de Pós-graduação da Faculdade Censupeg.