Enfermagem em UTI Adulto, Pediátrica e Neonatal

Pós-Graduação Presencial

Apresentação

O curso trabalha no desenvolvimento de competências que instrumentalizem o Enfermeiro (a) Intensivista, buscando fortalecer sua prática para atuação na assistência integral em unidades de terapia intensiva (UTI) adulta, pediátricas e neonatais com pacientes de alto risco baseado nas evidências científicas atuais, considerando os preceitos éticos e legais da profissão.

A alta complexidade dos pacientes internados dentro de uma UTI, exige que o Enfermeiro (a) para atuar neste setor, tenha uma visão sistêmica do processo de cuidado deste paciente, proporcionando assim uma melhor qualidade de atendimento. Frente a está necessidade, a Faculdade Censupeg elaborou este curso onde o aluno irá desenvolver a habilidade para atuar nos 3 setores de Terapia Intensiva: Adulto, Pediátrica e Neonatal. 

Durante a formação o (a) Enfermeiro (a) irá realizar práticas em sala de aula como intepretação de exames laboratoriais, manutenção de vias aérea, passagem de máscara laríngea, entre outras práticas, todas em simuladores realísticos. 

O curso de terapia intensiva oferecido pela Faculdade CENSUPEG tem mais de 30 (trinta) turmas formadas e diversas em andamento por todo território nacional, oportunizando a diversos Enfermeiros e Enfermeiras de forma prática as competências necessárias para exercer com qualidade e segurança a função de Enfermeiro (a) Intensivista.

Objetivos: 
* Promover o aprofundamento de conhecimentos na Enfermagem em UTI Adulto, neonatal e Pediátrica, favorecendo uma reflexão crítica sobre o papel do Enfermeiro (a) e sua atuação como agente de mudança na equipe multidisciplinar. 
* Qualificar profissionais, proporcionando recursos teóricos e práticos para o planejamento, implementação e avaliação da assistência de enfermagem ao paciente crítico. 
* Instrumentalizar o profissional para a realização de procedimentos de alta complexidade em pacientes críticos, bem como reconhecer as necessidades de atuação. 
* Desenvolver a habilidade de manejo com equipamentos e procedimentos tecnológicos inerentes à terapia do paciente crítico. 
* Propiciar subsídios para a atuação multidisciplinar em Enfermagem.

Público- Alvo:
  
Enfermeiros (as).

Formato do Curso: 
As Aulas acontecem aos sábados e domingos, uma vez ao mês, das 8 às 18h.



Disciplinas

  • Situar as questões historicamente colocadas pela Ética, além de fazer o devido discernimento acerca da necessária conduta ética multiprofissional de que deve ser o prestador de serviço em saúde em UTI Adulto, Neonatal e Pediátrica.
  • Planejamento dos cuidados de enfermagem ao recém-nascido internado em unidade de terapia intensiva, assistência de enfermagem com: drenos (mediastino, cardíaco, pleural, renal, DVE, DVP, biliar, abdominal), sondas (vesical de demorar, de alivio, nasoenteral, nasogastrica, orogastrica), assistência ao prematuro, sinais vitais do recém-nascido (PA, PAS, FC, FR, Tª, SO2, PIC, PIA, PVC, PAM, Dor), Asssitencia de enfermagem ao familiar do RN internado em terapia intensiva.
  • Importância do estudo da Psicologia das Relações Humanas para o cotidiano dos profissionais da UTI Adulto, Neonatal e Pediátrica. Trajetória histórica. Aspectos psicossociais da psicologia das relações humanas: relacionamento entre os profissionais de saúde e o paciente. As relações interpessoais na equipe de saúde: trabalho nas relações humanas. Ética nas relações humanas. Importância da comunicação.
  • Exames laboratoriais da execução à interpretação: Bioquímica do Sangue, Hormônios, Provas Sorológicas/Imuno-hematológicas, Imunologia, Urianálise, Parasitologia, Microbiologia, Espermograma, Líquor, Hematologia, Hemostasia. Eritrograma: anemias e transfusões de hemoderivados. Leocograma e infecções virais e bacterianas. Plaquetograma e provas de coagulação. Gasometria distúrbios ácido/base metabólicos e respiratórios. Enfoque em Adulto, Neonatal e Pediátrico. Hemograma e Eletrocardiograma.
  • Fornecer ao profissional de enfermagem fundamentos teóricos básicos sobre fármacos e medicamentos, visando ampliá-los no dia-a-dia do serviço de terapia intensiva (Adulto, Neonatal e Pediátrico). Aprimorar as bases do conhecimento técnico e científico, com ênfase na correlação farmacocinética-farmacodinâmica, necessário para uma abordagem apropriada e oportuna da farmacoterapia em UTI, além disso, despertar no profissional a necessidade de sua atuação em equipe multidisciplinar para apropriar o uso racional dos medicamentos para pacientes em estado crítico (Adulto, Neonatal e Pediátrico).
  • A qualidade como ferramenta gerencial do Enfermeiro; Indicadores de qualidade aplicado a assistência de enfermagem; Dimensionamento de enfermagem; Escalas de escores prognósticos; Programa Nacional de Segurança do Paciente (PNSP); Protocolos e métodos utilizados para segurança do paciente.
  • Tendências tecnológicas na monitorização do paciente gravemente enfermo; Monitorização qualificada; Alterações e implicações dos Sinais Vitais; Monitorização cardíaca e neurológica; Manutenção da hemodinâmica de pacientes instáveis e eficiência no atendimento na Unidade de Terapia Intensiva; Conhecimento da evolução da ventilação mecânica; Fisiologia e mecânica pulmonar; Oximetria de pulso; Capnografia; Oxigenoterapia; Suporte ventilatório invasivo e não invasivo; Assistência de enfermagem ao paciente sob ventilação mecânica.
  • Aprender a intervenção ao paciente acometido de infecção a fim de tomar ações específicas na prevenção e controle da transmissão de infecção em UTI. Conhecer a fundamentação para elucidação dos cuidados de saúde pelos diversos profissionais intensivistas ao paciente com infecção hospitalar; Avaliar as manifestações clínicas de infecção em pacientes; Identificar riscos de infecção em pacientes de UTI; Implementar medidas de prevenção e controle das infecções aos pacientes de UTI; Monitorar os principais parâmetros de gravidade de infecção; Cuidar do paciente numa atenção integral, humanizada e multidisciplinar; Atentar para os princípios estabelecidos pela ética e bioética profissional no processo de cuidado e trabalho na UTI.
  • Revisão da anatomia do sistema. Assistência de enfermagem das seguintes patologias: PCR seguindo ACLS e PALS atual, cirurgia cardíaca, síndromes coronarianas agudas, protocolo de ROTA, patologias do RN prematuro, tamponamento cardíaco, miocardite, IAM, transplante cardíaco, insuficiência cardíaca congestiva.
  • Revisão da anatomia do sistema. Assistência de enfermagem das seguintes patologias: embolia pulmonar, insuficiência respiratória (IRA tipo 1 e tipo 2), crise de asma no adulto e na criança, derrame pleural, pneumotórax, hemotórax, hemopneumotórax, bronca aspiração, atelectasia pulmonar.
  • Revisão da anatomia do sistema. Assistência de Enfermagem das seguintes patologias: AVC hemorrágico e isquêmico, crise convulsiva, delirun, traumatismo de crânio, conculção, herniação, cuidados pós-operatório a cirurgia neurológica, esclerose lateral amiotrófica, meningite.
  • Revisão da anatomia do sistema. Assistência de Enfermagem das seguintes patologias: insuficiência renal aguda, cálculo renal, cuidado pré e pós transplante renal, infecção do trato urinário, controle de balanço hídrico, analise de medicações infundidas, problemáticas dos distúrbios ácido-base.
  • Planejamento de cuidados de enfermagem ao paciente adulto internado em unidade de terapia intensiva, assistência de enfermagem com: drenos (mediastino, cardíaco, pleural, renal, DVE, DVP, biliar, abdominal), sondas (vesical de demorar, de alivio, nasoenteral, nasogastrica, orogastrica), Sinais vitais do adulto (PA, PAS, FC, FR, Tª, SO2, PIC, PIA, PVC, PAM, Dor).
  • Planejamento dos cuidados de enfermagem ao recém-nascido internado em unidade de terapia intensiva, assistência de enfermagem com: drenos (mediastino, cardíaco, pleural, renal, DVE, DVP, biliar, abdominal), sondas (vesical de demorar, de alivio, nasoenteral, nasogastrica, orogastrica), assistência ao prematuro, sinais vitais do recém-nascido (PA, PAS, FC, FR, Tª, SO2, PIC, PIA, PVC, PAM, Dor), Asssitencia de enfermagem ao familiar do RN internado em terapia intensiva.
  • Planejamento de cuidados de enfermagem ao paciente criança e adolescente internado em unidade de terapia intensiva, assistência de enfermagem com: drenos (mediastino, cardíaco, pleural, renal, DVE, DVP, biliar, abdominal), sondas (vesical de demorar, de alivio, nasoenteral, nasogastrica, orogastrica), Sinais vitais da criança (PA, PAS, FC, FR, Tª, SO2, PIC, PIA, PVC, PAM, Dor).
  • Conceituar Prontuário do paciente, enfatizando suas funções nas diferentes áreas de utilização. Descrever os principais tipos de prontuários e respectivos componentes. Relatar a trajetória do prontuário, contextualizando-o no âmbito hospitalar e das ações básicas de saúde. Discutir as facilidades e dificuldades inerentes à utilização do prontuário tradicional e eletrônico. Enfoque em Adulto, Neonatal e Pediátrico.
  • Dignidade Humana e os Direitos Fundamentais. O processo de viver e envelhecer e o sentido da vida. Tanatologia. Perda, Pesar e o Processo de Luto. A morte e o morrer. Ortotanásia. Eutanásia, Distanásia, Cuidados Paliativos. A dor e o sofrimento humano. Angústia. Espiritualidade.
  • Reconhecer a importância da capacidade de comunicação e seus fundamentos básicos. Construir o conceito de liderança, seus princípios básicos e aplicação. Gerenciamento de tempo, distribuição de atividades e qualidade de conclusão das demandas. Trabalho em equipe, identificar os aspectos importantes para ser parte de uma equipe. Construção de plano de carreira adequado a sua visão pessoal e competências adquiridas profissionalmente. Reconhecer a importância de uma rede de contato, identificando as oportunidades em estabelecer e expandir essa rede. Gestão de patrimônio, pessoas, atendimento e tecnologias. Estabelecer paralelo entre conceito de hospital na atualidade em relação a outras épocas. Compreende o hospital como uma unidade integrada de saúde e as principais funções do administrador hospitalar e seus desafios na gestão de pessoas.
  • Definir o que é epidemiologia. Descrever a área de atuação da epidemiologia. Identificar a importância da epidemiologia no contexto atual da saúde baseada em evidências. Identificar os tipos de prevenção clínica. Descrever os níveis de prevenção. Diferenciar prevenção e controle de doenças. Definir o que é risco. Explicar o que é fator de risco. Identificar a origens dos fatores de risco. Definir nível de evidencia cientifica. Identificar os níveis de evidencia em que os estudos os estudos científicos estão dispostos. Definir o que é um ensaio clínico controlado e randomizado. Explicar os parâmetros principais do ensaio clínico controlado e randomizado. Diferenciar o ensaio clínico controlado e randomizado. Expressar o que é a distribuição de doença por tempo. Descrever o que é a distribuição de doença por lugar. Definir o que é a distribuição de doença por pessoa.
  • Discute o desenvolvimento humano e aspectos relacionados a aprendizagem para organização da prática docente em âmbito acadêmico, considerando a didática como princípio de organização técnica-pedagógica. Apresenta formas de organização de planejamento, ensino e avaliação de conteúdo, focando no trabalho com as Metodologias Ativas de Aprendizagem. Estas, por sua vez, possibilitam que os estudantes sejam autores e pesquisadores no seu processo de construção de conhecimento.
  • Aborda as diferenças entre os tipos de conhecimento, colocando os diferenciais do conhecimento científico e como funciona a sua produção através de diferentes Métodos e técnicas de pesquisa. Apresenta processos de análise de fatos, dados, teorias e revisão literária, apontando como elaborar um texto científico, considerando os padrões éticos de pesquisa e autoria, de acordo com as normas da ABNT.
  • Ciência e produção do conhecimento. Conceitos e concepções de pesquisa. A pesquisa como princípio científico. Pesquisa: abordagem quantitativa e qualitativa. Método e metodologia. Métodos de pesquisa. A capacidade de comunicar a pesquisa através da escrita científica. A satisfação pessoal através da autonomia da escrita.

(*) Estas disciplinas acontecem pautadas na Metodologias Inovadoras de Aprendizagem e são oferecidas no AVA – Ambiente Virtual de Aprendizagem acadêmico.

(**) Disciplinas onde a experiência de aprendizagem ocorre exclusivamente na modalidade presencial.

(***) O Módulo opcional estará disponível no portal do acadêmico, mediante rematrícula no curso e aceite em Contrato de Prestação de Serviços com valores adicionais.

Diferenciais

  • Aulas presenciais com simulações realísticas em sala de aula.

  • Corpo docente composto por Mestres e Doutores Enfermeiros que são referências em suas respectivas áreas no Brasil.

  • Seguindo as portarias vigente, permite o Enfermeiro(a) a assumir concursos públicos, onde nos editais solicitando titulação latu-sensu em Enfermeiro Intensivista.

  • O curso qualifica o Enfermeiro (a) para atuar na área gerencial dos serviços de UTI seguindo a RDC 26.

  • Titulação de Enfermeiro (a) Intensivista em sua carteira do Coren conforme Resolução 625/20 do COFEN, após envio de documentação para o órgão.

  • Seu certificado emitido pela Faculdade que é nota MÁXIMA (5) no MEC


Coordenador Técnico


Enfº Nelson Augusto Mendes

Enfermeiro na Faculdade Uniandrade Curitiba PR; Especialista em Enfermagem em Urgência e Emergencia; Especialista em Transporte Aeromédico e Medicina Aeroespacial; Enfermeiro de Voo Hércules Táxi Aéreo; Enfermeiro Intervencionista do SAMU RMC; Professor de Pós-graduação em Enfermagem Aeroespacial, Transporte e Resgate Aéreo na Faculdade Censupeg; Professor e Coordenador de Pós-graduação da Faculdade Censupeg.

Professor


Enfº André Luis dos Santos Silva

Graduado em Enfermeiro - Universidade Norte do Paraná Licenciado em Enfermagem - Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Especialista em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal, Pediátrica e Adulto - Faculdades Integradas Vale do Ivaí Especialista em Programa Saúde da Família - Faculdades Integradas Vale do Ivaí Especialista em Gerontologia - Universidade Estadual de Ponta Grossa. Mestre em Enfermagem - Universidade Estadual de Londrina. Doutor em Ciências da Reabilitação pela Universidade Norte do Paraná. Possui uma vasta experiência profissional com ênfase na Saúde Pública, Clínica Médica, Clínica Cirúrgica, Urgência e Emergência e Unidade de Terapia Intensiva. Atualmente é Servidor Público Federal pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR).

Professora


Enfª Fabiana Brum Haag

Graduada em Enfermagem - Mestrado em Enfermagem Doutorado em Ciências da Saúde Vasta experiência em urgência e emergência intra-hospitalar, terapia intensiva, cardiologia e docente de nível superior Pesquisadora clínica com ênfase em distúrbios da função cardiovascular e fatores de risco cardiovascular.

Professora


Enfº Neiva Prestes

Graduada em Bacharel Em Enfermagem UPF Especialista em Terapia Intensiva Especialista em Gestão Hospitalar Formação em Coaching e Líder Coach - Escola de Coaching Express Condor Blanco Internacional Possui vasta experiência em Urgência e Emergência Intra-hospitalar, Terapia Intensiva, Cardiologia, Hemodinâmica e Gestão em Serviços de Saúde sendo diretora de uma grande hospital do Oeste Catarinense por mais de 10 anos.

Professora


Enfª Larissa Marcondes

Graduada em Enfermagem – UEPG Especialista em Saúde da Criança e do Adolescente, na modalidade residência - Faculdades Pequeno Príncipe. Especialista em Oncologia e Cuidados Paliativos - Universidade Positivo Especialista em Enfermagem em Urgência e Emergência – Censupeg Mestrado em Enfermagem – UFPR Doutoranda em Enfermagem – UFPR Supervisora de Enfermagem do Hospital Erasto Gaertner Professora Adjunta do Centro Universitário Santa Cruz.

Professora


Enfª Bruna Nadaletti de Araújo

Graduação em Enfermagem - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões Especialização em Terapia Intensiva - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões Especialização em Saúde e Segurança do Trabalho – UNIASSELVI Mestrado em Educação - Universidade de Passo Fundo Doutoranda do Programa de Pós-graduação em Educação nas Ciências da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul – Unijuí Docente do Curso de Graduação em Enfermagem Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - Unijuí Ampla experiência na área de Terapia Intensiva, Cuidados Paliativos, Oncologia, Gestão Hospitalar e Docência Universitária. no adulto.

Professora


Enfº Emerson dos Santos Duarte Mafia

Graduado em Enfermeiro - Univale Especialista em Saúde da Família - Uniredentor Larga experiência em Terapia Intensiva, Paciente Críticos, Emergência, Gestão e Docência Universitária. Discente do curso de medicina.

Professora


Enfª Francislene de Fátima Cordeiro Petz

Graduada em Enfermagem - Universidade Tuiuti do Paraná Pós-Graduação em Auditoria e Gestão em Saúde Doutora em Enfermagem - Programa de Pós-Graduação da Universidade Federal do Paraná-UFPR Mestrado em Enfermagem - Universidade Federal do Paraná Docente do Departamento de Enfermagem do Instituto Federal do Paraná (IFPR) Possui uma Vasta experiência nas áreas de Terapia Intensiva, Cuidado a Pacientes Críticos, Centro Cirúrgico, Transplante de Medula, Saúde do Adulto e Idoso e Docência Universitária. Membro do grupo de pesquisa “Tecnologia e Inovação para o Cuidar em Saúde e Enfermagem” da UFPR. Desenvolve pesquisas de revisão sistemática, com referencial da Pratica Baseada em Evidências (PBE), para subsidiar a prática clínica.

Professora


Enfª Letycia Sardinha Peixoto Manhães

Graduada em Enfermagem – UNESA Especialista em Cuidados Intensivos em Enfermagem- UNESA Especialista em modalidade Residência em Clínica e Cirúrgica Geral UNIRIO Mestre em Ciências do Cuidado em Saúde- UFF/EEAAC Doutora em Ciências do Cuidado em Saúde - UFF/EEAAC Enfermeira no Centro de Terapia Intensiva do Hospital Ferreira Machado - Referência Norte Fluminense em Traumatologia / Campos dos Goytacazes -RJ Enfermeiro da Rede Federal De Educação Tecnológica do Instituto Federal Fluminense Experiência em Terapia Intensiva Pediátrica Expertise em Terapia Intensiva Adulto, Cuidados ao Pacientes Críticos , Docência universitária e Gestão Acadêmica e Assistencial.

Professora


Enfº Belchior Gomes Barreto Neto

Graduado em Enfermagem - UFRJ Especialista em enfermagem intensiva - Universidade Federal Fluminense, Mestrado em enfermagem - Universidade Estadual do Rio de Janeiro, Enfermeiro Intensivista do Instituto Nacional de Câncer- INCA Enfermeiro da Unidade Coronariana do Instituto Nacional de Cardiologia – INC Membro do departamento de enfermagem da SOTIERJ