Enfermagem Obstétrica e Ginecológica

Pós-Graduação Presencial

Apresentação

O curso trabalha no desenvolvimento de competências que instrumentalizem a Enfermeira (o) Obstétrica (o) buscando fortalecer sua prática para atuação na assistência integral à mulher, na gestação, parto, nascimento e puerpério, com base na Humanização e nas Evidências Científicas atuais, considerando os preceitos éticos e legais da profissão.

Em 2011 a Rede Cegonha inseriu nas suas normativas a atenção ao parto de baixo risco por Enfermeiras (os) Obstétricas (os) como um dos pilares da mudança de modelo obstétrico no Brasil. Esta inclusão, baseada nas melhores Evidências Científicas, trouxe a necessidade de ampliar a disponibilidade destes profissionais aos serviços de saúde, tendo em vista a sua insuficiência no território nacional.  

A insuficiência de Enfermeiras (os) Obstétricas (os) em diversas regiões do Brasil justifica a importância dos cursos de especialização na área, promovendo o protagonismo da Enfermagem na organização e gestão dos processos de trabalho na obstetrícia e fortalecendo a mudança do modelo de atenção ao parto, com consequente redução das taxas de morbimortalidade materno, infantil e fetal através de uma assistência qualificada, baseada em Evidências Científicas sólidas.

O curso de Enfermagem Obstétrica e Ginecológica oferecido pela Faculdade CENSUPEG tem mais de 50 (cinquenta) turmas formadas e diversas em andamento por todo território nacional, oportunizando a diversos Enfermeiros e Enfermeiras de forma prática as competências necessárias para exercer com qualidade e segurança a função de Enfermeira (o) Obstetra em diversos setores de Saúde, público ou privado.

Objetivos do Curso:

* Formar enfermeiros (as) especialistas em Obstetrícia, com conhecimentos técnico-científico, habilidades, e atitudes para a assistência à mulher na gestação, trabalho de parto, parto e puerpério em diversos setores de saúde;
* Desenvolver competências essenciais para o exercício básico da Obstetrícia. Competências no contexto social, epidemiológico e cultural dos cuidados maternos e ao recém-nascido; competências na prestação de cuidados durante o pré-natal, trabalho de parto e parto; competências para a prestação de cuidados as mulheres durante o período pós-parto e ao recém-nascido; competências para a prestação de cuidados às mulheres em situação de abortamento.
Capacitar o Enfermeiro para organização, execução, supervisão e avaliação das ações assistenciais de Enfermagem na área obstétrica, no diagnóstico, planejamento, programação e orientação das atividades de Enfermagem nos setores de obstetrícia.

Público-Alvo:
Enfermeiros(as).

Formato do Curso:
As aulas acontecem aos sábados e domingos, uma vez ao mês, das 8h às 18h.



Disciplinas

  • 16 Disciplinas
  • A obstetrícia no Brasil. Princípios e fundamentos da assistência obstétrica na prática clínica baseada em Evidências. Critérios de qualidade para o ciclo gravídico. Bases funcionais do sistema genital feminino. Fisiologia da reprodução. O Desenvolvimento.
  • A Enfermagem Obstétrica e a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Mulher. Políticas e legislação obstétrica e neonatal. Os diferentes cenários da Enfermagem obstétrica. Modelos de atenção ao parto no Brasil e no mundo. O trabalho da Enfermagem obstétrica no Brasil.
  • Princípios da bioética e o cuidado à mulher, gestação e recém-nascido. Dilemas éticos no cuidado em ginecologia e obstetrícia. A ética no processo do cuidado integral a mulher. Ética e bioética na atenção ao pré-natal, parto e puerpério. Código de ética dos profissionais da Enfermagem. Violência sexual e aspectos éticos da assistência. Aborto considerações éticas e legais.
  • A saúde da mulher em todas as fases da vida. Bases morfológicas do sistema genital feminino. Principais intercorrências e patologias ginecológicas.
  • A Enfermagem obstétrica e a humanização no parto e nascimento. O apoio contínuo e individualizado durante o trabalho de parto e parto. Estratégias e métodos não farmacológicos de alívio da dor no trabalho de parto (prática).
  • Controle de infecção hospitalar em centro obstétrico normas e legislação. Segurança do paciente em centro obstétrico. Medidas de prevenção e critérios diagnósticos de infecções puerperais em parto vaginal e cirurgia cesariana. Biossegurança na assistência ao parto e puerpério.
  • O pré-natal no Brasil. Avaliação pré-concepcional. A importância da assistência ao pré-natal. Organização e planejamento dos serviços de pré-natal. A integralidade do cuidado à gestante na atenção básica. O acolhimento como postura prática nas ações de atenção e gestão. A consulta e acompanhamento do pré-natal de risco habituação pelo Enfermeiro.
  • Mortalidade e morbidade materna, infantil e fetal no Brasil. Os fatores de risco gestacional. Definição, diagnóstico, fisiopatologia, tratamento e monitorização das principais intercorrências e patologias na gestação. Avaliação e assistência de Enfermagem nas intercorrências obstétricas.
  • Humanização do parto e nascimento em centro obstétrico. O processo de cuidado da Enfermagem obstétrica e a assistência de qualidade, baseada em Evidências. Violência obstétrica e o modelo assistencial atual. Processo fisiológico do parto e nascimento. Atenção integral a saúde da mulher nos períodos clínicos do parto. Intercorrências e emergências no parto. Manejo do períneo e a prática da sutura perineal (prática). Atenção integral à mulher no puerpério. Assistência à puérpera e recém-nascido em alojamento conjunto. Manejo clínico da amamentação e situações especiais na apojadura.
  • Mortalidade e morbidade neonatal no Brasil. Enfermagem obstétrica e a assistência ao recém-nascido com boa vitalidade. Avaliação imediata do recém-nascido. A Enfermagem obstétrica e a Estabilização e Reanimação neonatal em sala de parto. Diretrizes nacionais de Reanimação neonatal. Programa de Reanimação neonatal do Ministério da Saúde.
  • Avaliação do bem-estar fetal intraparto. A ausculta intermitente. Avaliação do bem-estar fetal por meio da cardiotocografia. Descrição do método, conceitos, indicações e realização da cardiotocografia. Interpretação dos traçados com base nas recomendações atuais, elementos analisados e padrões cardiotocográficos. Conduta clínica e prática para o Enfermeiro Obstetra diante da situação dos traçados.
  • Organização e planejamento dos serviços de Pré-natal. A integralidade do cuidado à gestante na atenção básica. Avaliação gestacional. O acolhimento como postura prática nas ações de atenção e gestão. A consulta e acompanhamento do Pré-natal de risco habituação pelo Enfermeiro. Avaliação de Enfermagem.
  • Parto: Humanização do parto e nascimento em centro obstétrico. O processo fisiológico do parto e nascimento. Assistência da Enfermagem obstétrica à mulher nos períodos clínicos do parto. Nascimento: Assistência imediata ao recém-nascido, avaliação e condutas. Puerpério imediato: Atenção integral à mulher no puerpério imediato. Assistência de Enfermagem à puérpera e recém-nascido em centro obstétrico e alojamento conjunto. Assistência de Enfermagem nas intercorrências pós-parto. Manejo clínico da amamentação. Patologias e intercorrências: Avaliação e monitorização da gestante em centro obstétrico. Assistência de Enfermagem nas intercorrências e emergências na gestação, trabalho de parto e pós-parto. Atenção integral à gestante e puérpera nas intercorrências e patologias em centro obstétrico.
  • Discute o desenvolvimento humano e aspectos relacionados a aprendizagem para organização da prática docente em âmbito acadêmico, considerando a didática como princípio de organização técnica-pedagógica. Apresenta formas de organização de planejamento, ensino e avaliação de conteúdo, focando no trabalho com as Metodologias Ativas de Aprendizagem. Estas, por sua vez, possibilitam que os estudantes sejam autores e pesquisadores no seu processo de construção de conhecimento.
  • Aborda as diferenças entre os tipos de conhecimento, colocando os diferenciais do conhecimento científico e como funciona a sua produção através de diferentes Métodos e técnicas de pesquisa. Apresenta processos de análise de fatos, dados, teorias e revisão literária, apontando como elaborar um texto científico, considerando os padrões éticos de pesquisa e autoria, de acordo com as normas da ABNT.
  • Aprofunda o tema relacionado ao projeto individual do aluno e sua interface com o cuidado na Saúde da Mulher e Obstetrícia. Estuda a Ciência e produção do conhecimento. Conceitos e concepções de pesquisa. A pesquisa como princípio científico. Pesquisa: abordagem quantitativa e qualitativa. Método e metodologia. Métodos de pesquisa. A capacidade de comunicar a pesquisa através da escrita científica. A satisfação pessoal através da autonomia da escrita.

(*) Estas disciplinas acontecem pautadas na Metodologias Inovadoras de Aprendizagem e são oferecidas no AVA – Ambiente Virtual de Aprendizagem acadêmico.

(**) Disciplinas onde a experiência de aprendizagem ocorre exclusivamente na modalidade presencial.

(***) Período destina a elaboração de relatório de estágio e atividades de campo.

Diferenciais

  • Aulas presenciais com professoras referências na área.

  • Corpo docente composto por mestres e doutores com larga experiência assistencial.

  • Matriz curricular cumprindo com as recomendações do COFEN (Conselho federal de Enfermagem) para a formação e registro da titulação de Enfermeira (o) Obstétrica (o).

  • Seu certificado emitido pela Faculdade que é nota MÁXIMA (5) no MEC, reconhecida como a Faculdade privada que mais forma Enfermeiras (os) Obstétricas (os) no país, contribuindo para qualificação da assistência perinatal na rede de Saúde Pública e privada.

  • Seja uma Enfermeira (o) Obstétrica (o) e amplie a sua atuação nos serviços de Saúde na rede de Saúde Pública, em Centro de Parto Normal, Casa de parto; Casa da gestante, bebê e puérpera; Centro Obstétrico; Alojamento Conjunto; UTI Obstétrica; UE Obstétrica; Ambulatório de pré-natal; Ambulatório de alto risco; Unidades de Saúde.

  • Amplie a seu conhecimento sobre o Pré-natal na rede de Saúde Pública.

  • Amplie a sua atuação e renda como Enfermeira (o) Obstétrica (o) com atendimento particular domiciliar e/ou em consultório próprio realizando consultas de pré-natal, atendimento pré- parto, parto humanizado hospitalar, consulta puerperal, consultoria em aleitamento materno, parto domiciliar com Equipe de parto domiciliar planejado e consultoria na área em diversos setores de saúde.

  • Prática supervisionada (estágio obrigatório) gratuito em maternidade referência da Rede Cegonha.

  • Conhecimento assistencial em Obstetrícia com base sólida na Prática Clínica Baseada em Evidências. Aulas teóricas, práticas e estágio supervisionado com base em Evidências Científicas.


Supervisora Técnica


Profa. MSc. Dayanne Granetto

Com larga experiência na assistência e gestão de Enfermagem no pré-natal, parto, nascimento e puerpério na Atenção Primária à Saúde e na área Hospitalar. Realiza consultoria e capacitação na área do pré-natal na Rede de Saúde Pública em parceria com a Rede Cegonha. É professora universitária há 12 anos, portanto conhece, vivencia, pesquisa e estuda constantemente as ações e práticas nos diferentes setores de Saúde, relacionados a atenção à mulher e recém-nascido no período gravídico-puerperal. Seu Stricto Sensu, em Mestrado, deu-se pelo programa de Produção/construção de conhecimento, Educação, processos socioculturais e Saúde da UNIPLAC. É Especialista em Obstetrícia e Ginecológica pelo SENAC. Graduada em Enfermagem com Licenciatura e Bacharelado pela UNIPLAC. Presta atendimento domiciliar ao pré-natal, pré-parto e puerpério. É coordenadora, professora e supervisora dos estágios obrigatórios do curso de Pós-graduação em Enfermagem Obstétrica e Ginecológica da Faculdade CENSUPEG, desde sua implantação em 2012.

Professora


Dra. Vania Sorgatto Collaço

Renomada Enfermeira Obstetra pioneira no atendimento ao Parto domiciliar planejado em Santa Catarina, e região Sul do Brasil. Idealizadora e fundadora da Equipe de Parto domiciliar planejado HANAMI (o florescer da vida) Parto Domiciliar Planejado. É Doutora em Enfermagem pela UFSC, participante do Grupo de Pesquisa em Enfermagem na Saúde da Mulher e do Recém-nascido (GRUPESMUR). Mestre em Enfermagem pela UFSC. Graduada em Enfermagem e Obstetrícia pela UNIVALI em 1987. Especialista em Obstetrícia e Neonatologia. Autora do livro Parto Vertical publicado em 2002 e de diversas pesquisas na área da Obstetrícia. Desde 1992, é Enfermeira da UFSC e desde então participou da comissão de implantação da Maternidade do Hospital Universitário (HU) da UFSC de Florianópolis, SC. Desde 1995 é Enfermeira assistencial do Centro Obstétrico da Maternidade do HU/UFSC, atuando na obstetrícia, lutando pela humanização do nascimento. É professora universitária nos cursos de Pós-graduação em Enfermagem Obstétrica há muitos anos. Professora da Pós-graduação em Obstetrícia da Faculdade CENSUPEG desde a implantação do curso em 2012. Realizou capacitação na área de humanização na assistência ao parto, no Parto domiciliar nas Casas de Parto e maternidades do Japão em 2004, representando Santa Catarina nesta capacitação no exterior. Também é membro da Associação Brasileira de Enfermeiras obstétricas de Santa Catarina (ABENFO/SC) desde sua implantação e é membro da comissão científica da ABENFO-SC.

Professora


Prof. MSc Daniella Regina Farinella Jora

Mestre em Saúde e Gestão do Trabalho pela UNIVALI. Atualmente é conselheira do Conselho Regional de Enfermagem (COREN) de Santa Catarina. É colaboradora nas ações de Educação da Associação Brasileira de Enfermagem (ABEn/SC). Faz parte do Conselho Fiscal CCBralux – Chambre de Commerce Du Brésil au Luxembourg, participa da Vertical de Saúde da Acate em projetos autorais de inovação em Saúde. Especialista em Saúde Mental Coletiva pelo ICPG. Especialista em Saúde Pública pelo IBEPEX. Especialista em Gestão Educacional pelo SENAC. Especialista em Docência para Educação Profissional pelo SENAC. Possui graduação em Enfermagem pela UNC. Atua na coordenação estadual de Saúde no Departamento regional do SENAC/SC, é colaboradora do SENAC desde 2004. Também atua como Docente dos cursos de Pós-graduação da Faculdade CENSUPEG desde 2010.

Professora


Dra. Érica de Brito Pitilin

Doutora em Ciências da Saúde pelo Programa de Pós-Graduação UNIFESP/SP. Mestre em Enfermagem pelo Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da UEM. Especialista em Enfermagem Obstétrica pelo Centro Universitário Filadélfia. Graduada em Enfermagem pela UNICENTRO. Atualmente é professora adjunta do Curso de Graduação em Enfermagem da UFFS campus Chapecó/SC. Foi bolsista pelo Fundo de Apoio à Manutenção e ao Desenvolvimento da Educação Superior de Santa Catarina (FUMDES). Membro do grupo Acolher Chapecó/SC no período gravídico-puerperal. Faz pesquisas e possui experiência nas seguintes áreas de atuação da Enfermagem: Saúde da mulher, Enfermagem obstétrica, pré-natal e educação perinatal, Humanização do nascimento, mortalidade materna, neonatologia, estudos clínicos e saúde coletiva. Vice-líder do Grupo de Estudos e Pesquisa Interdisciplinar Saúde e Cuidado (GEPISC-UFFS/SC) com a linha de pesquisa Abordagem Epidemiológica no Processo de Saúde e/ou Doença, com ênfase na obstetrícia e humanização do nascimento.

Professora


Prof. MSc Adaiana Fátima Almeida

Cursa o programa de Doutorado em Enfermagem pela UFSC. Possui Mestrado em Enfermagem pela UFSC. É Especialista em Enfermagem Obstétrica pela FATEC. Especialista em Saúde da Família pela UFSC. Especialista em Neonatologia e Pediatria pela UNIPLAC. Graduada em Enfermagem UNOESC. Atua como Enfermeira Obstétrica na assistência a mulher e seu acompanhante durante o trabalho de parto, parto e puerpério desde 2011, é Coordenadora do Centro obstétrico do Hospital e Maternidade Tereza Ramos (SES) Lages, SC. Também atua no atendimento domiciliar pré-natal, pré-parto e puerpério. É professora e supervisora do estágio obrigatório do curso de Pós-graduação em Enfermagem Obstétrica e Ginecológica da Faculdade CENSUPEG desde 2012.

Professora


Dra. Jucimar Frigo

Doutora em Enfermagem pela UFRGS. Mestre em Terapia Intensiva pela Sociedade Brasileira de Terapia Intensiva (SOBRATI). Especialista em Enfermagem Obstétrica e Ginecológica pela IESC. Especialista em Gestão Estratégica do Conhecimento Organizacional pela FIE. Especialista em Didática da Educação Superior, pelo SENAC. Especialista em Docência na Saúde, EducaSaúde pela UFRGS. Enfermeira graduada pela UNC. Autora de livros e pesquisas na área da Saúde. Possui ampla experiência como Enfermeira e docente na área da Saúde, em nível técnico, de graduação e pós-graduação. Docente no Curso de Graduação em Enfermagem no Cuidado à Mulher e ao Recém-nascido e no Estágio Curricular na área hospitalar na UDESC de 2010 a 2017. Atualmente é docente da Unochapecó nas disciplinas de Enfermagem Obstétrica e Neonatal, Enfermagem em Atenção Primária III: Saúde da Mulher; Comunicação em Saúde e Fundamentos do Cuidado em Enfermagem. É professora e supervisora dos estágios obrigatórios do curso de Pós-graduação em Enfermagem Obstétrica e Ginecológica da Faculdade CENSUPEG desde sua implantação em 2012.

Professora


MSc Laryssa de Col Dalazoana Baier

Doutoranda do curso Interdisciplinar em Desenvolvimento Comunitário UNICENTRO. Mestre em Ciências da Saúde pela UEPG. Especialista em Obstetrícia pela IBEPEX. Especialista em Enfermagem Obstétrica e Obstetrícia Social pela UNIFESP. Especialista em Neonatologia e Pediatria pelo CESDA. Especialista em Oncologia pelo CESDA. Graduada em licenciatura e bacharelado em Enfermagem pelo CESCAGE. Atualmente é professora colaboradora da UEPG, Preceptora da Residência em Enfermagem Obstétrica do Hospital Regional de Ponta Grossa, Professora efetiva da UNOPAR e coordenadora do Projeto de Extensão Girassol Praticas Integrativas. Professora e supervisora de estágio do curso de Pós-Graduação de Enfermagem Obstétrica CENSUPEG. Atua diretamente ao parto humanizado, aleitamento materno e puerpério com práticas integrativas.

Professora


Prof. MSc Tatiana Benincá

Mestre em Enfermagem pela UFSC. Especialista em Enfermagem Obstétrica pela ABRASCE. Especialista em Enfermagem Pediátrica e Neonatal pela UNIPLAC. Graduada em Enfermagem pela UNESC. Atualmente é Enfermeira Obstetra atuante em sala de parto no Centro obstétrico do Hospital e Maternidade Tereza Ramos (SES) em Lages/SC. É idealizadora da Equipe Divina Aurora - apoio materno que atende mulheres e famílias no período gravídico-puerperal. É professora e supervisora de estágio no curso de Pós-graduação em Enfermagem Obstétrica da Faculdade CENSUPEG desde 2012.

Professora


Prof. Dra. Thayse Rosa

Doutora em Ciências da saúde pela UNESC. Mestre em Enfermagem pela Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein. MBA em Gestão hospitalar e controle de infeção pela FAMESP. Especialista em Enfermagem Obstétrica e Ginecológica pela Faculdade CENSUPEG. Graduada em Enfermagem UNIVALI. Ampla experiência prática e na docência do ensino superior. Atualmente professora titular da disciplina Saúde da Mulher no curso de graduação Enfermagem pela UNIDAVI e da Pós-graduação em Obstetrícia da Faculdade CENSUPEG. Também pesquisadora bolsista do CNPq de Desenvolvimento Tecnológico Industrial A - Pesquisa clínica no enfrentamento COVID-19 na UNESC.

Professora


Prof. Esp. Tatiane Medina

É Especialista em Enfermagem Obstétrica pela UFSC. Possui o curso de aprimoramento em Obstetrícia pela UFRJ. Atua em sala de parto no Centro Obstétrico do Hospital e Maternidade Tereza Ramos (SES) Lages/SC desde 2006. Graduada em Enfermagem pela UNIPLAC. Também atua no atendimento domiciliar pré-natal, pré-parto e puerpério. É professora e supervisora do estágio obrigatório do curso de Pós-graduação em Enfermagem Obstétrica e Ginecológica da Faculdade CENSUPEG, desde 2013.

Professora


Prof. Esp. Andréa de Liz Steffens do Amaral

É Especialista em Enfermagem Obstétrica pela PUCPR. Graduada em Enfermagem pela UNIPLAC. Atua na área hospitalar desde 1993 e na coordenação do Programa Ser Mãe. Atua em sala de parto no Centro obstétrico do Hospital e Maternidade Tereza Ramos (SES), Lages, SC. Também é professora e supervisora do estágio obrigatório do curso de Pós-graduação em Enfermagem Obstétrica e Ginecológica da Faculdade CENSUPEG, desde 2013.