Medicina Aeroespacial, Transporte e Resgate Aéreo

Pós-Graduação Presencial

Apresentação

O curso visa capacitar o profissional médicos na área da Anatomia e Fisiologia Aeroespacial com ênfase no Resgate e Transporte Aéreo, aplicado a Fisiologia da Altitude e peculiaridades na utilização de aeronaves de asas rotativas e fixas no Resgate Aéreo e Transferência Inter-hospitalar, bem como os conhecimentos específicos guardadas as competências legais do enfermeiro, desde o resgate de vítimas em ambiente pré-hospitalar, considerando a abordagem em cardiologia, neurologia, pneumologia, pediátrico/neonatal, trauma e agravos clínicos, até a etapa final no ambiente hospitalar.

Público-Alvo:
Médicos, Pilotos com nível superior, Oficiais de Segurança pública com nível superior

Formato do Curso:
As Aulas acontecem aos sábados e domingos, uma vez ao mês, das 8 às 18h. 



Disciplinas

  • Histórico da aviação no mundo e no Brasil, histórico da aviação no transporte aéreo, primeiro histórico de transportes, relatos dos transportes na época das guerras, tipo de aeronaves de transporte, enfermagem no atendimento aéreo quando iniciou, principais diferenças das aeronaves para o transporte, evoluções no transporte aero, legislação Nº 2048 GM/MS, Nº 1010 GM/MS, CFM Nº 1529 – 1998, CFM Nº 1596 – 2000, COFEN Nº 389/2011, COFEN Nº551/2017. OBJETIVO GERAL: Passar aos alunos um pouco de como foi o passado da aviação e do aeromédico automaticamente demostrada a evolução. OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM: O aluno deverá saber como foi o passado, como esta o presente e quais são as perspectivas para o Futuro.
  • Objetivo dos Sistemas de Custeamento, Planejamento e Controle de Custos, Cobrança de Materiais e Medicamentos (Rol de Procedimentos ANS, BRASINDICE e SIMPRO), ferramentas para analisar as contas de aeromédico, Processos de Trabalho e Comportamento Humano em Ambiente de Permanente Mutação em Saúde, diferenças de equipamentos terrestres e aeromédico, portaria n°8 do Inmetro. OBJETIVO GERAL: Capacitar o aluno na realização da gestão do serviço aeromédico. OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM: Orientar o aluno na realização de uma gestão de serviço aeromédico voltado a missões aeromédico primaria e secundaria, apresentando assim, algumas dificuldade encontradas na realização de uma missão.
  • Legislação da ANAC na aviação civil, IAC – Instrução de Aviação Civil, IS – Instrução Suplementar, controle do espaço aéreo, homologação de aeronaves de assa fixa e assa rotativa para aéreo, legislação de aeroportos, diferenças entre públicos e privados, lei n° 12.725 de 2012, lei n° 15.003 de 2009, decreto n° 50.943 de 2009, definições de aeródromos e helipontos, riscos ocupacionais na aviação. OBJETIVO GERAL: Entendimento sobre o as legislações da aviação civil e dos aeroportos. OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM: Entendimento sobre as atribuições do órgão fiscalizador dos aeroporto e do espaço aéreo em relação ao transporte e resgate de enfermos no meio aéreo.
  • Segurança de Voo no sistema da aviação civil, históricos de acidentes, sinalização de aeroportos, comportamento da equipe do Aeromédico dentro de aeroportos, normas de movimentação em pista dos aeródromos conforme exigências e orientações da INFAERO, sistema de investigação e prevenção de acidente aeronáuticos (SIPAER). OBJETIVO GERAL: Orientar os alunos em relação aos riscos que podem sofrer em solo na aproximação de aeronave, embarque e desembarque de aeronave. OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM: Saber se comportar diante de uma situação de risco em aeronaves de asa fixa e asa rotativa.
  • Pressão Atmosférica, Oscilação da Pressão de Oxigênio, pressurização e despressurização, tipos de hipóxias (mal de altitude ou mal de alta montanha), Zona/Estágios Indiferente, Lei de Boyle – Mariotte, Aerobaropatia e Disbarimos., Sono e Ritmo Circadiano Distúrbios do Ritmo Sintomas, Efeitos, Gerenciamento, Pressurização, descompressão, Contramedidas, sintomas de hipóxia, Ambiente de Altitudes Elevadas, Visão Anatomia Funcional Campo visual, visão periférica e fóvea. Visão monocular e binocular Visão noturna Audição Anatomia funcional Perigos de audição relacionados ao voo Equilíbrio Anatomia funcional Motilidade, aceleração, verticalidade. Integração dos inputs sensoriais. OBJETIVO GERAL: Entender sobre a atmosfera e suas camadas, quais são as mais adequadas para realizar o voo, pressão atmosférica deve ser relacionada a mudanças no corpo, entender cada lei da física descrita na ementa. OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM: Deverá ter relacionado as leis da física juntamente com as mudanças ficológicas em locais de atmosfera de voo.
  • Estabilização de paciente seguinte o PHTLS, ATCN e ATLS, técnicas apropriadas para embarque e desembarque de politraumatizado em aeronaves de assa fixa, técnicas apropriadas para embarque e desembarque politraumatizado em aeronaves de assa rotativas, Lei de Boyle – Mariotte, temperatura do paciente em aeronaves de assa rotativa, cuidados com drenos, paciente com grandes sangramentos, segurança de pouso em situações de resgate, atuação do tripulante operacional, estabilização do paciente antes do embarque na aeronave. OBJETIVO GERAL: Atuação de uma equipe de Resgate Aéreo em uma cena evidenciada por um ou mais pacientes com traumatismos. Atuação da equipe de transporte aéreo em uma transferência de um paciente politraumatizado para um hospital de grande porte ou mesmo para um simples repatriamento. OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM: Saber quais possíveis alterações poderá vir a acontecer com o paciente politraumatizado em ambiente aeroespacial.
  • Estabilização de paciente em maca de transporte, controle de parâmetros vitais, medicamento e sedação, Lei de Boyle – Mariotte, técnica de apropriadas para embarque e desembarque de paciente em aeronaves de assa fixa, técnica de apropriadas para embarque e desembarque de paciente em aeronaves de assa rotativa. OBJETIVO GERAL: Atuação de uma equipe de Resgate Aéreo em uma cena evidenciada por um ou mais pacientes com traumatismos. Atuação da equipe de transporte aéreo em uma transferência de uma paciente politraumatizado para um hospital de grande porte ou mesmo para um simples repatriamento. OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM: Saber quais possíveis alterações poderá vir a acontecer com o paciente politraumatizado em ambiente aeroespacial.
  • aeronaves para realização de resgate, técnicas de aproximação em áreas inóspitas, intempéries climáticas para realização de resgate, SCI, método START, equipes para AMUVI e suas atribuições. OBJETIVO GERAL: Identificar uma missão de resgate e suas principais dificuldades que serão encontradas. OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM: Saber se comportar diante de uma missão de resgate sabendo seus limites diante de um SCI.
  • Histórico e Definição de CRM, Fatores Humanos: conceitos básicos, Ambiente de Altitudes Elevadas, O Homem e o Ambiente: o sistema sensorial, Visão, Audição, Equilíbrio, Integração dos inputs sensoriais, Saúde e Higiene, Áreas Problemáticas para os tripulantes, Intoxicação, Incapacitação, Psicologia Básica de Aviação, Desempenho Humano e Limitações, Processo da informação humana, Percepção, Memória, Seleção de Resposta, Erro Humano e confiabilidade, Modelo e teoria do Erro Humano, Tomada de Decisão, Evitando e gerenciando os erros: Gerenciamento de Cabine, Consciência Situacional, Comunicação, Personalidade, Diferenças individuais na personalidade, Estresse, Fadiga, Sono e Ritmo Circadiano, Fadiga e Gerenciamento do Stress, Automação Avançada de Cabine. Extraído do Curriculum de Treinamento de Desempenho Humano da ICAO recomendado para os Pilotos - exigências de habilidades.
  • Alteração fisiológicas em ambiente de voo, emergências obstétricas e intercorrências em voo, manejo de medicações para o transporte aéreo, manejo de paciente durante o voo, parto de emergência em voo. OBJETIVO GERAL: Revisar sobre a anatomia da gestante, situações que podem levar ao parto de emergência, tenicas adequadas para realização de transporte de gestando de risco e de alto risco. OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM: Saber identificar situações que podem acontecer de risco durante o voo.
  • Alteração fisiológicas em ambiente de voo ao paciente cardiopata, emergência cardiovascular e intercorrências em voo, manejo de paciente durante o voo, manejo de medicações para o transporte aéreo. OBJETIVO GERAL: Entendimento da fisiologia cardíaca é suas principais mudanças em altitude. OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM: Saber reconhecer precocemente as alterações que podem vir a acontecer em altitude com o paciente cardiopata.
  • Alteração fisiológicas em ambiente de voo ao paciente com doenças respiratórias, emergência respiratórias e intercorrências em voo, manejo de paciente durante o voo, manejo de medicações para o transporte aéreo, manuseios de ventilador mecânico em voo ao paciente pulmonar, drenos em voo. OBJETIVO GERAL: Entendimento da fisiologia pulmonar é suas principais mudanças em altitude. OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM: Saber reconhecer precocemente as alterações que podem vir a acontecer em altitude com o paciente com problemas respiratórios.
  • Alteração fisiológicas em ambiente de voo ao paciente neurológico, emergência neurológicas e intercorrências em voo, manejo de paciente durante o voo, manejo de medicações para o transporte aéreo, manuseios de ventilador mecânico em voo ao paciente neurológico, decolagem e pouso transportando paciente com TCE e AVE. OBJETIVO GERAL: Entendimento da fisiologia do sistema nervoso central é suas principais mudanças em altitude. OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM: Saber reconhecer precocemente as alterações que podem vir a acontecer em altitude com o paciente com problemas neurológicos.
  • Alteração fisiológicas em ambiente de voo ao paciente pediátrica/neonatal, emergência pediátricas e intercorrências em voo, manejo de paciente durante o voo, manejo de medicações para o transporte aéreo, manuseios de ventilador mecânico em voo ao paciente pediátrico/neonatal, cuidados ao paciente queimado. OBJETIVO GERAL: Reconhecer as patologias pediátricas e neonatais e suas principais alteração durante uma emergência, sabendo assim estabilizar estas crianças e o neonato. OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM: Identificar riscos X benefício de um transporte/resgate de uma paciente neonatal, identificar emergências na criança e no baby durante o voo.
  • Controle de emoção, elaboração de tendas para pernoite, alimentação para sobrevivência em selva, sinalização de perdidos, criação de fogueiras, meios de fortunas. OBJETIVO GERAL: Saber como se comportar mediante uma situação de sobrevivência em ambiente de selva e no meio do mar. OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM: Reconhecer técnicas de sobrevivência como elaboração de locais para dormir, maneiras de montagem de fogueira e busca de alimentação no meio do mato.
  • Capacidade de se comunicar de forma eficaz. Habilidades de Liderança. Capacidade de gerenciamento do tempo. Habilidades de trabalho em equipe. Gestão de processos de qualidade. Desenvolvimento Profissional. Desenvolvimento de líderes. Conceito de hospital. Tarefas e habilidades do administrador hospitalar. Funções e problemas enfrentados pelo administrador hospitalar.
  • Estudo da formação do professor universitário: o contexto histórico e perspectivas. Análise das concepções de ensinar, de aprender e de avaliar. Caracterização da aula no ensino superior, e o planejamento, a organização e a avaliação na educação superior.
  • Ciência e produção do conhecimento. Conceitos e concepções de pesquisa. A pesquisa como princípio científico. Pesquisa: abordagem quantitativa e qualitativa. Método e metodologia. Métodos de pesquisa. A capacidade de comunicar a pesquisa através da escrita científica. Satisfação pessoal através da autonomia da escrita.
  • O lugar do Sujeito que pesquisa. O planejamento e a reflexão do que sabemos e não sabemos. As tendências educacionais. A avaliação. O que é? Diretrizes contemporâneas. O olhar do professor sobre o processo de aprendizagem. A estrutura de um trabalho de graduação interdisciplinar, artigos científicos e relatórios, são constituídos de três partes fundamentais, de acordo com a ABNT (NBR 14724): elementos pré-textuais, elementos textuais e elementos pós-textuais.

(*) Estas disciplinas acontecem pautadas na Metodologias Inovadoras de Aprendizagem e são oferecidas no AVA – Ambiente Virtual de Aprendizagem acadêmico.

(**) Disciplinas onde a experiência de aprendizagem ocorre exclusivamente na modalidade presencial.

(***) O Módulo opcional estará disponível no portal do acadêmico, mediante rematrícula no curso e aceite em Contrato de Prestação de Serviços com valores adicionais.

Diferenciais

  • Aulas presenciais com as maiores referências na área.

  • Seu certificado emitido pela Faculdade que é nota MÁXIMA (5) no MEC.

  • Corpo docente de diferentes regiões do Brasil composto por mestres e doutores em sua maioria.

  • Curso com a qualidade CENSUPEG, instituição reconhecida por ter uma das maiores e melhores estruturas de pós-graduação na modalidade presencial do Brasil.


Coordenador Técnico


Enfº Nelson Augusto Mendes

Enfermeiro na Faculdade Uniandrade Curitiba PR; Especialista em Enfermagem em Urgência e Emergencia; Especialista em Transporte Aeromédico e Medicina Aeroespacial; Enfermeiro de Voo Hércules Táxi Aéreo; Enfermeiro Intervencionista do SAMU RMC; Professor de Pós-graduação em Enfermagem Aeroespacial, Transporte e Resgate Aéreo na Faculdade Censupeg; Professor e Coordenador de Pós-graduação da Faculdade Censupeg.

Professor


Drº René Augusto Avelleda

Neurocirurgião HUEM Curitiba PR; Operador de Suporte Médico do BPMOA/PR Base Leste; Médico Intervencionista do SAMU / SIATE Curitiba e São José dos Pinhais; Mestrando em Cirurgia – Faculdade Evangélica Mackenzie. Professor de Cirurgia da Faculdade Evangélica Mackenzie FEMPAR; Professor de Pós-graduação em Transporte Aeromédico e Medicina Aeroespacial na Faculdade Censupeg; Master Business Administration MBA Executivo em Administração na Fundação Getúlio Vargas; Public Policy, Finance and Investment Strategies. University of Chicago, UChicago;

Professora


Drª Michele Mamprim Grippa Cavassim

Medicina Pontifícia Universidade Católica do Paraná; Cirurgia Geral Hospital Universitário Cajuru; Cirurgião Plástica Hospital Universitário Cajuru; Especialista em Resgate e Transporte Aeromédico Inspirar; Operadora de Suporte Médico do BPMOA/PR Base Leste; Médica Intervencionista do SAMU / SIATE Curitiba; Instrutora de ATLS Advanced Trauma Life Support; Professor de Pós-graduação em Transporte Aeromédico e Medicina Aeroespacial Faculdade Censupeg;

Professor


Paulo Cesar Segalla

- Fisioterapeuta Universidade Tuituti - Psicólogo Universidade Tuituti - Especialista em Docência no Ensino Superior UNINTER - Sargento Enfermeiro Veterano da Força Aérea Brasileira - Docente da Disciplina - Aspectos Fisiológicos da Aviação - no Aeroclube do Paraná, na Escola de Aviação CWB e na Escola de Aviação Drakon. - Professor de Pós-graduação em Transporte Aeromédico e Medicina Aeroespacial Faculdade Censupeg;

Professor


Enfº Jefferson Rank

- Enfermeiro IESC (Instituto Educacional de Santa Catarina); - Especialista em Terapia Intensiva UNIASSELVI; - Operador Aerotatico do Batalhão de Aviação da Policia Militar de SC; - Fire Instructor Texas A&M University Pro-Board NFPA 1041; - Incident Safety Officer (FEMA-USA); - Medical Team Specialist (TEEX - USA); - Operador em Medicina Tática (CIEMTED - Colômbia); - Instrutor na Escola para Bombeiros em Espanhol da TEEX Fire School USA; - Autor do livro "Resgate com cordas - nível Operações"

Professor


Juliano Kunen

- Policial Rodoviário Federal desde 2002. - Oficial R/2 do Quadro de Material Bélico - Exército Brasileiro - Comandante da Aeronave de Resgate da PRF - Graduado em Administração de Empresas Tuiuti - Especialização em Finanças FAE - Instrutor de voo e disciplinas relacionadas ao resgate aeromédico - Docente da Pós-graduação em Transporte Aeromédico - Atuou nas missões da Copa do Mundo (2014) e Olimpíadas (2016). Honras e Homenagens: - Colaborador Emérito do Exército, Exército Brasileiro. - Medalha do Mérito Aeronáutico de Segurança Pública, Secretaria Nacional de Segurança Pública - Ministério da Justiça.

Professora


Enfª Meire Caratapatti

- Graduada em Enfermagem UEM PR - Enfermeira intervencionista SAMU Norte Novo Maringá, Paraná ; - Operadora de Suporte Médico do SAMU Norte Novo PR; - Especialista em Enfermagem em Urgência e Emergência - Especialista em Medicina Aeroespacial e Transporte Aeromédico - Especialista em Segurança do Paciente no Serviço Pré hospitalar - Atuou na coordenação do serviço de Urgência e Emergência de Maringá PR - Docente do curso de Pós-graduação em Enfermagem Aeroespacial da Faculdade Censupeg.

Professor


Eduardo Alexandre Beni

- Graduação em Curso de Formação de Oficiais PMESP - Piloto e instrutor de voo dos helicópteros Águia da Polícia Militar de São Paulo por 20 anos - Águia 31. - Graduado em Direito - UNIP - Especialista em Direito Público ESMP - Mestrado Profissional em Segurança e Ordem Pública - Doutor em Segurança e Ordem Pública - Coordenador do Congresso Aeromédico Brasileiro - Editor chefe do site Resgate Aeromédico - Docente dos cursos de Pós-graduação em Direito Aeronáutico, Segurança de Voo, Gestão em Aviação, Enfermagem e Medicina Aeroespacial.

Professora


Enfª Ana Cristina Lopes Machado Guimarães

- Enfermeira Obstetra - Universidade de Brasília - Operadora de Suporte Médico do GAVOP DF - Enfermeira Instrutora de Trauma e APH do SAMU/DF - Instrutora de Resgate Aéreo do GAVOP pelo SAMU/DF - Especialista em Transporte Aeromédico e Medicina Aeroespacial Faculdade Censupeg - MBA em Gestão de Serviços de Saúde Universidade São Camilo - Docente do curso de Pós-graduação em Enfermagem Aeroespacial da Faculdade Censupeg.

Professor


Neriton Boanerges

- Graduação em Ciências (Licenciatura em Matemática e Ciências) - Polícia Rodoviária Federal (PRF) – de 1994 a 2019 - Tripulante Operacional da Divisão de Operações Aéreas da PRF – Florianópolis SC - Especialista em Urgência, Emergência e Atendimento Pré-Hospitalar; - Especialista em Perícia em Acidentes de Trânsito; - Especialista em Transporte Aeromédico e Medicina Aeroespacial. - Docente do curso de Pós-graduação em Enfermagem Aeroespacial da Faculdade Censupeg. - Foi responsável pela implantação da primeira base de resgate aéreo da Divisão de Operações Aéreas da PRF, onde atuou como operador de equipamentos especiais e socorrista.