Pedagogia

Graduação EAD

Apresentação

Escola é o lugar de aprendizagem, conhecimento e de experiências inesquecíveis. O PEDAGOGO pode ter várias funções na instituição de ensino, não apenas como professor, mas com certeza fará parte do desenvolvimento do estudante em qualquer nível. Muitas vezes a função pode ser de diretor, administrador, orientador educacional ou coordenador pedagógico. Não importa muito a função, o importante é a relevância na formação das crianças, dos jovens e adultos que estão na escola. Algo importante no PEDAGOGO da atualidade é estar pronto para garantir a inclusão social de crianças com necessidades especiais, auxiliando-as em sua educação. E não é somente na escola o lugar desse profissional; é um profissional extremamente flexível e versátil podendo atuar em diversas frentes, inclusive de carreiras modernas como sites institucionais, fazendo curadoria de conteúdos relacionados a educação e até no ramo empresarial, na área de treinamento e desenvolvimento de pessoas.

A considerar que o curso de Pedagogia da Faculdade CENSUPEG é um dos mais inovadores da atualidade, a matriz curricular está totalmente alinhada com as novas abordagens e implicações da BNCC o que o torna o curso praticamente único. Uma pedagogia moderna, moldada no que o professor precisa para atender seu principal propósito: o sucesso da aprendizagem dos alunos!

Os cursos de licenciatura da Faculdade Censupeg são alinhados com novos letramentos, com currículo por competências e matrizes curriculares interdisciplinares com aprendizagem baseada em projetos, gamificação e neurociências.

Grau Acadêmico:
Licenciatura.

Mercado de Trabalho: 
Docência, Ensino e Pesquisa, Administração Escolar, Orientação Educacional, Supervisão Educacional, Educação Especial e Educação Corporativa.

Disciplinas

  • Comunicação, expressão e diversidade linguística; Comunicação oral; Comunicação escrita; Eficácia na comunicação escrita; Funções de linguagem; Linguagem verbal e não verbal; Elaboração de respostas subjetivas; A construção do parágrafo padrão; Pontuação; Vícios de linguagem; Redundâncias; O texto como atividade de linguagem/ interação.
  • História da ética. Conceito e Princípios da Ética. A ética na construção pessoal, social, histórica e cultural. Razões morais em contexto. Responsabilidade Social (Ética aplicada à comunicação). Desigualdade, diversidade e direitos no Brasil contemporâneo. Cidadania, participação política, social e popular. Empreendedorismo social. Histórico de educação ambiental. Política nacional do meio ambiente e sistema nacional do meio ambiente Principais questões ambientais no Brasil e no mundo (Ênfase em agronegócio). Direitos humanos, diversidade e sustentabilidade.
  • Ciência e conhecimento científico. Introdução ao Método de Pesquisa. Apresentação de pesquisa. A natureza do conhecimento. Ética na pesquisa. Tipos de pesquisa. Técnicas de pesquisa. Planejamento e projeto de pesquisa. Contextualização de pesquisa. Análise de Dados e Métodos de Coleta. Hipóteses de pesquisa. Normas da ABNT.
  • Ética; Papel do professor; Educação como processo humano; Ética profissional; Ética no mundo digital; Escola; A Função Social do Ensino; A escola como promotora da educação para e na cidadania; As relações entre professor/aluno no processo de ensino e aprendizagem; Aprendizagem e Conhecimento; A formação dos profissionais da Educação; Aprendizagens colaborativa e cooperativa.
  • Por que uma disciplina de Projeto? Como acontece a disciplina de Projeto? Linha do tempo; Identidade pessoas e social; Memórias; Perspectivas pessoais e profissionais; Convivência Social. Engajar-se, profissionalmente, com as famílias e com a comunidade. Conhecer os contextos de vida dos estudantes, reconhecer suas identidades e elaborar estratégias para contextualizar o processo de aprendizagem. Articular estratégias e conhecimentos que permitam aos estudantes desenvolver as competências necessárias, bem como favoreçam o desenvolvimento de habilidades de níveis cognitivos superiores.
  • Questões de gênero; Identidades de Gênero. Gênero. Sexo e sexualidade. Os conceitos históricos da família. O corpo e as formas de subjetivação. Minorias Sociais. Políticas públicas voltadas às mulheres. Promoção da igualdade de gênero e de orientação sexual. O processo histórico da constituição dos direitos humanos. Declaração Universal dos Direitos Humanos. Direitos humanos. Identidade e Alteridade. Direitos humanos e trabalho
  • Filosofia e Filosofia da Educação. Pressupostos filosóficos que fundamentam as concepções de educação. O homem e suas relações com o mundo. A articulação das reflexões filosóficas com os avanços científicos nas áreas que são objeto de estudo do curso. Introdução ao estudo da História da Educação. A sociedade brasileira no Período Colonial e a ação pedagógica dos Jesuítas. A Reforma Pombalina e suas consequências no sistema colonial de ensino. A institucionalização do ensino e a legislação educacional do Império. Modificações no sistema educacional com a implantação da República, no Brasil. As principais mudanças educacionais durante o governo de Getúlio Vargas. A Constituição de 1946 e seus reflexos no sistema educacional brasileiro. O Estado Militar e educação brasileira. As perspectivas atuais da educação no sistema político vigente.
  • Sistema Nervoso Central: Encéfalo. Desenvolvimento do Sistema Nervoso. Sistema Nervoso: sistema nervoso autônomo. Plasticidade Neural. Concepção do desenvolvimento humano. Fases do desenvolvimento humano nas teorias: motora, cognitiva, afetiva e social. Relação entre a aprendizagem e o desenvolvimento. Aprendizagem, memória, linguagem e fala.
  • Conceituando Didática. Fundamentos do Planejamento. Procedimentos do Ensino. Inteligência, Aprendizagem e Construção do Conhecimento. Aplicar estratégias de ensino diferenciadas que promovam a aprendizagem dos estudantes com diferentes necessidades e deficiências, levando em conta seus diversos contextos culturais, socioeconômicos e linguísticos. Adotar um repertório adequado de estratégias de ensino e atividades didáticas orientadas para uma aprendizagem ativa e centrada no estudante. Sequenciar os conteúdos curriculares, as estratégias e as atividades de aprendizagem com o objetivo de estimular nos estudantes a capacidade de aprender com proficiência.
  • Buscar em suas memórias o professor que mais marcou sua vida positivamente e negativamente. Como seria o professor ideal?
  • Conhecer os documentos norteadores da estrutura e organização da escola: Plano de desenvolvimento da Escola (PDE), Regimento Escolar, Projeto Político Pedagógico/ Proposta Pedagógica e os espaços escolares com seus profissionais e respectivas funções. Planejamento no cotidiano da gestão escolar. Os recursos usados para gerir e planejar o desempenho do ambiente escolar.
  • Introdução ao estudo das políticas públicas em educação; No Brasil: o percurso legal das políticas educacionais; Políticas públicas na educação; Organizações políticas na educação brasileira; Lei de Diretrizes e Bases da Educação Brasileira: aspectos históricos; Gestão dos processos educacionais; A Educação na atualidade, desafios e possibilidades; Novas Exigências Educacionais e Profissão Docente; Princípios da gestão educacional; Pesquisando Política Educacional: o ciclo de políticas ; Políticas Públicas para a Educação Infantil; A Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva.
  • Pedagogia de Projetos; o projeto político pedagógico da escola; projetos de trabalho: uma abordagem da complexidade do conhecimento escolar; a avaliação em projetos de trabalho; os tipos de currículo e o currículo em ação e na perspectiva de integração no ambiente institucional escolar; perspectivas pedagógicas e sua relação com as tics; a transdisciplinaridade e a organização do currículo; os processos de aprendizagem e as trilhas de aprendizagem como organização curricular.
  • Alunos com Necessidades Educacionais Especiais I; Alunos que Necessitam de Cuidados Especiais de Saúde; História da Educação de Surdos; LIBRAS como Língua Natural e Português como Segunda Língua; Língua Brasileira de Sinais: aspectos linguísticos e gramaticais; Língua Brasileira de Sinais: uma conquista histórica; O Direito à Inclusão; Surdez: conceitos, causas e políticas de prevenção.
  • Reflexões sobre experiências de educadores sobre a diversidade da Aprendizagem. Visões que marcam a presença dos estudantes, assumido o olhar sobre a diversidade como ponto de partida. Repensar e reconfigurar o modo escolar reconhecendo as diferenças e em diálogo com a diversidade. Concepções que o docente-educador necessita em sua formação como diverso e para o trato da diversidade.
  • O contexto sócio-cultural e seus impactos na formação do profissional e na sua carreira pedagógica, colaborando para a diversificação dos temas de inclusão na sala de aula. A cultura política e a história da inclusão escolar.
  • A Expressão Corporal Infantil como Linguagem Primeira; A Ludicidade nas Séries Iniciais; A Presença do Educador com Consciência e Vivência dos Pressupostos da Corporeidade; Construção e Apropriação da Linguagem do Corpo; Metodologias para Desenvolvimento de Atividades Lúdicas que se Utilizam o Corpo como Expressão; O Lúdico e o Corpo: Trabalhando a Imaginação e a Fantasia na Criança.
  • Alfabetização e Letramento. O Contexto Histórico da Alfabetização. Métodos de Alfabetização. A Psicogênese da Língua Escrita. A continuidade do processo alfabetizador: da Educação Infantil para o Ensino Fundamental. A leitura: uma aprendizagem. A Sequência Didática. A Avaliação na Alfabetização. Letramento como prática social. A importância do lúdico na alfabetização e letramento. A formação do professor Alfabetizador. Ambiente Alfabetizador.
  • Estudo da informática na sociedade que vivemos, a virtualidade na Educação, as novas tecnologias da Comunicação e Informação, gamificação, conceitos e aplicações, história dos jogos, fatores de diversão, teoria do círculo mágico, teoria do tétrade elementar, jogo cooperativo e jogo competitivo, relação: desafio versus recompensas, questões de gênero e orientações sexuais na indústria dos jogos digitais e por fim, questões raciais na indústria dos jogos.
  • A Arte e a Educação; A Apropriação Recriadora e a Submissão; A Aquisição do Desenho e Correspondência com os Níveis da Compreensão Estética; A Articulação das Áreas de Conhecimento e o Ensino da Arte; Conteúdos Gerais da Arte: Visuais, Dança, Teatro, Música; Conteúdos Gerais da Arte: Visuais, Dança, Teatro, Música; Natureza Evolutiva da Arte; Critérios de Avaliação em Arte Segundo os PCNs; O Ensino das Artes Visuais e as Novas Tecnologias da Comunicação e da Informação.
  • As TICs na escola. Os recursos tecnológicos mediadores da aprendizagem. Os processos de comunicação e suas ferramentas tecnológicas. O uso didático das TICs.
  • Compreender, utilizar e criar tecnologias digitais de informação e comunicação de forma crítica, significativa, reflexiva e ética nas diversas práticas docentes, como recurso pedagógico e como ferramenta de formação, para comunicar, acessar e disseminar informações, produzir conhecimentos, resolver problemas e potencializar as aprendizagens.
  • Como ensinar geografia nas series iniciais; O Ensino de História Anos Iniciais do Ensino Fundamental do Contexto da BNCC; Livros didáticos de história para os anos iniciais do ensino fundamental: entre propostas estimulantes e abordagens tradicionais; A construção de conceitos geográficos nos primeiros anos do ensino fundamental; Novas linguagens no ensino de história: ressignificando os saberes escolares; Ensinar história em tempos de memória; O ensino de Geografia: uma história; A geografia no ensino fundamental; As categorias históricas no processo de ensino-aprendizagem: uma abordagem interdisciplinar; O ensino de geografia e a interdisciplinaridade no ambiente escolar; Elaboração de material didático em geografia; Ensino de História e o Desenvolvimento da Ideia de Temporalidade.
  • Diversidade e educação; Programa Educação Inclusiva: Direito à Diversidade (2003); Educação Inclusiva; Preparando todos os Professores para ensinar a todos os alunos; Prática inclusiva em sala de aula; Parceria entre escola e família: a Educação Inclusiva; Tecnologia Assistiva Em direção a uma verdadeira prática inclusiva; Normas técnicas: espaços planejados para pessoas com deficiência; Planejamento Curricular e inclusão; Conceituando ensino integrado e o inclusivo; O sistema Braille: definição e importância.
  • O que é Ciências; O ensino de Ciências; Fundamentos teóricos; A falta de motivação na aprendizagem de Ciências; Ensinar Ciências na educação infantil; Desenvolvimento de habilidades para a aprendizagem de Ciências; Metodologia: do conhecimento prévio à síntese; Aprendizagem significativa/Do conhecimento cotidiano ao conhecimento científico; A criação de estratégias pedagógicas para o ensino de Ciências na escola I; A criação de estratégias pedagógicas para o ensino de Ciências na escola II; Planejamento e avaliação I; Construção de um novo olhar.
  • Números naturais: operações e algoritmos. Número e suas funções. Matemática para a educação infantil e anos iniciais do ensino fundamental. Explorando o que significa fazer Matemática. Ensino de matemática e letramento. Desenvolvendo a compreensão em Matemática. O desenvolvimento do valor posicional com números naturais. Desenvolvimento dos conceitos de fração. Ajudando Crianças a dominar os fatos fundamentais. Os conceitos de decimal, porcentagem e o cálculo decimal.O pensamento e os conceitos geométricos. Desenvolvendo conceitos de medida.
  • Compreender, utilizar e criar tecnologias digitais de informação e comunicação de forma crítica, significativa, reflexiva e ética nas diversas práticas docentes, como recurso pedagógico e como ferramenta de formação, para comunicar, acessar e disseminar informações, produzir conhecimentos, resolver problemas e potencializar as aprendizagens.
  • A afetividade, como ingrediente no trabalho diário do professor em sala de aula. a importância da afetividade (professor aluno) no processo de aprendizagem. A contribuição do afeto para o desenvolvimento da personalidade e comportamento do aluno. A educação da emoção deve ser incluída entre os propósitos da ação pedagógica. Prática pedagógica relacionada com a importância do afeto nas salas de aula, na escola. Desafios e novas conquistas e através do afeto criar laços de múltiplas aprendizagens.
  • Os princípios andragógicos. Contribuições andragógicas. Estilos de aprendizagem. Pedagogia de Projetos. A formação do Educador de EJA. Desafios e possibilidades. Diversidade dos sujeitos EJA. Espaço EJA: Uma questão de intergeracionalidade e intersetoriedade. Espaço de inclusão social. Estrutura Curricular da EJA. Quem ensina e quem aprende na EJA?
  • Escolas como parte dos problemas e das soluções. Novos paradigmas criando novas oportunidades. Escola e projeto democrático. Entendendo a história para entender as transformações de hoje. O papel do líder no desenvolvimento de Competências. Liderança para a inovação. Liderando para resultados.
  • Como o cérebro aprende, armazena informações, métodos pedagógicos e o uso correto de recursos de ensino. O professor como motivador e incentivador da aprendizagem. Planejamento de ensino. Importância dos objetivos de ensino e tipos de objetivos. Seleção e organização de conteúdos.
  • Identificar as políticas públicas educacionais voltadas para a educação especial numa perspectiva inclusiva. Identificar as mudanças educacionais no contexto histórico em relação à pessoa com necessidades especiais buscando a compreensão das fases de exclusão, segregação, integração e inclusão. Reconhecer os principais entraves para a efetivação de políticas públicas de inclusão na área educacional brasileira. Identificar o perfil necessário para a atuação do educador na diversidade visando à melhoria do processo ensino-aprendizagem.
  • Caracterização da escola das séries iniciais do Ensino Fundamental, voltada a Educação de Jovens e Adultos – EJA. Dimensões sócio-histórica, políticas, sociais e estruturais da organização do trabalho pedagógico. A construção do conhecimento no processo de ensino e aprendizagem. Observação e prática em salas da EJA.
  • Observação. Planejamento pedagógico na educação infantil. Atividade profissional do docente da Educação Infantil. Rotinas da educação infantil.
  • Aplicar os diferentes instrumentos e estratégias de avaliação da aprendizagem, de maneira justa e comparável, devendo ser considerada a heterogeneidade dos estudantes. Desenvolver práticas consistentes inerentes à área do conhecimento, adequadas ao contexto dos estudantes, de modo que as experiências de aprendizagem sejam ativas, incorporem as inovações atuais e garantam o desenvolvimento intencional das competências da BNCC.Ajustar o planejamento com base no progresso e nas necessidades de aprendizagem e desenvolvimento integral dos estudantes.
  • Apresentar postura e comportamento éticos que contribuam para as relações democráticas na escola. Comprometer-se com o trabalho da escola junto às famílias, à comunidade e às instâncias de governança da educação. Manter comunicação e interação com as famílias para estabelecer parcerias e colaboração com a escola, de modo que favoreça a aprendizagem dos estudantes e o seu pleno desenvolvimento. Saber comunicar-se com todos os interlocutores: colegas, pais, famílias e comunidade, utilizando os diferentes recursos, inclusive as tecnologias da informação e comunicação. Contribuir para o diálogo com outros atores da sociedade e articular parcerias intersetoriais que favoreçam a aprendizagem e o pleno desenvolvimento de todos.

Diferenciais

  • Seja aluno do curso de Pedagogia CENSUPEG e conheça tudo o que há de mais moderno em Educação.

  • Aprenda sobre Neurociências, Metodologias Ativas, Educação 5.0 e Gamificação na Educação.

  • Inicie sua Faculdade com parcelas de R$ 99,00.

  • Seja formado pela CENSUPEG, a maior e melhor Instituição na área da Neuropsicopedagogia no Brasil

  • Gerencie o seu tempo e ganhe flexibilidade de estudos.

  • Seu certificado é emitido pela Faculdade que é nota MÁXIMA (5) no MEC.

  • Faça parte da nova era da Educação e descubra as melhores estratégias de aprendizagem para a nova geração.

  • Sempre um Professor Referência Junto de Você, aqui você nunca está sozinho

  • A única com um Gestor de Sucesso Acadêmico (GSA) para lhe orientar e acompanhar durante todo o curso

  • Em toda Aula você terá o “Na Prática”, associado diretamente à sua futura atuação profissional

  • Só Aqui você terá os PIPAs – PROJETOS INOVADORES PROFISSIONAIS DE APRENDIZAGEM, nos quais você aprende a trabalhar por Projetos e desenvolver competências que o mercado de trabalho exige para o futuro, indicado pelo Fórum Econômico Mundial

  • No Programa CONECTATIVOS você terá acesso a palestrantes de grande referência e receberá certificados para compor seu currículo


Coordenadora Técnica


Profa. MSc Lidiane Soares

Mestre em Educação pela Fundação Universidade Regional de Blumenau (2008), Especialista em Interdisciplinaridade na Formação de Professores e Especialistas da Educação pela Universidade da Região de Joinville (2002), Graduada em PEDAGOGIA pelo Centro Universitário de Jaraguá do Sul (2000). Atuou como Coordenadora Pedagógica - SENAI - JARAGUÁ DO SUL/SC; Orientadora Educacional da Escola Municipal Joaquim Félix, Tutora e Orientadora de Artigos Científicos na Pós Graduação, UNISOCIESC e Bolsista do IFSC, como Orientadora de TCCs. Foi Tutora Externa no Centro Universitário Leonardo da Vinci e Coordenadora do Ensino Fundamental no Colégio Exathum. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação.