Programa Neuropsicopedagogia DUO

Pós-Graduação On-line com aulas ao vivo

Inicie sua jornada na Faculdade CENSUPEG

  • Participe do Programa Neuropsicopedagogia DUO e conquiste duas formações profissionais em Neuropsicopedagogia, são dois certificados: Pós-graduação em Neuropsicopedagogia Clínica (600 horas) e Pós-graduação em Neuropsicopedagogia Institucional (450 horas)

  • Aprofunde conhecimentos sobre neurodesenvolvimento, neurociências, neurobiologia, fundamentos de atuação, tudo com foco na aprendizagem humana e na sua relação com o sistema nervoso e seu grande maestro: o cérebro!

  • Descubra o universo da Neuropsicopedagogia e forme-se com a Faculdade pioneira nesta nova Ciência da Aprendizagem.

  • Entenda como os medicamentos influenciam a aprendizagem através da disciplina Neuropsicofarmacologia e CID, que é exclusiva da Faculdade CENSUPEG!

  • Seja um Neuropsicopedagogo Clínico, profissão reconhecida pela Classificação Brasileira de Ocupações – CBO, e saiba avaliar e intervir junto de pacientes com dificuldades de aprendizagem ou de transtornos do neurodesenvolvimento.

  • Seja um Neuropsicopedagogo Institucional, profissão reconhecida pela Classificação Brasileira de Ocupações – CBO, e saiba identificar e intervir nas dificuldades de aprendizagem em ambientes coletivos na Educação Básica, no Ensino Superior e no Terceiro Setor.

  • Torne-se um empreendedor e planeje seu futuro com a Neuropsicopedagogia, tendo seu próprio consultório ou atuando em espaços clínicos.

  • Temos evidências científicas dos avanços na aprendizagem que a Neuropsicopedagogia pode promover.

  • Somos chancelados pela Sociedade Brasileira de Neuropsicopedagogia – SBNPp desde 2014.

  • Estude na única Faculdade do Brasil com um Laboratório de Pesquisas em Neuropsicopedagogia, o LIEENP (Laboratório de Inovações Educacionais e Estudos Neuropsicopedagógicos). Somos idealizadores do Projeto: NEUROPSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL NAS ESCOLAS.

  • Torne-se um estudante CENSUPEG e seja respaldado pela instituição premiada pela grande contribuição social e científica à sociedade brasileira através da Neuropsicopedagogia: Congresso Mundial de Educação em Cuba (2016), onde apresentou seu programa para 21 países e 1° Lugar Dica de Mestre - Congresso Aprender Criança (2016, 2018 e 2022).

  • Tenha aulas com o Presidente da Sociedade Brasileira de Neuropsicopedagogia, Prof. Dr. Luiz Antonio Correa e com a Vice-Presidente, Profa. Dra. Rita Russo, autora das principais obras de Neuropsicopedagogia no país.

  • Seu certificado é emitido pela Faculdade que é nota MÁXIMA (5) no MEC, reconhecida como a Faculdade que mais forma profissionais em Neuropsicopedagogia no Brasil.

  • Através do Estágio Supervisionado, exercite a ação em setting clínico junto de um paciente para desenvolver suas competências.

  • Bônus: Receba um curso de 150 horas em Introdução à Análise do Comportamento Aplicada (ABA) para TEA – Transtorno do Espectro Autista, exclusivo para alunos de Neuropsicopedagogia da Faculdade CENSUPEG.

Protagonismo em Ação

A história inspiradora de sucesso da sua vida começa aqui



Apresentação

Quando algo não vai bem no processo de aprendizagem, é comum que isso seja sinalizado pela escola ou pela família.  Neste momento, é importante considerar que apesar de tentativas e esforços de ambas, há questões individuais a serem investigadas, o que evidencia a necessidade de um olhar clínico. Então, vem a pergunta: a quem recorrer em momentos como este?

Atualmente, contamos com um novo profissional nas clínicas compostas por equipes multiprofissionais ou em consultórios particulares, conhecido como o especialista da aprendizagem. Trata-se do Neuropsicopedagogo Clínico,  o qual transita entre as áreas da saúde e da educação e possui um olhar singular sobre as dificuldades de aprendizagem, pois ele é pautado cientificamente nos conhecimentos das Neurociências aplicadas à Educação em interface com a Pedagogia e Psicologia Cognitiva, para compreender como ocorre a aprendizagem humana relacionada com o funcionamento do sistema nervoso.

No decorrer dos anos escolares, muitas são as tentativas dos docentes quanto à superação de dificuldades de aprendizagem, principalmente, nos níveis iniciais da Educação Básica. Mas, ocorre que isso na grande maioria das vezes não acontece e estas seguem com os estudantes até o final do Ensino Médio. Então, o que fazer? Por que essas dificuldades ocorrem? Como identificá-las e tratá-las no contexto escolar?

Essas respostas são encontradas na Neuropsicopedagogia Institucional. Através das Neurociências aplicadas à Educação em interface com a Pedagogia e Psicologia Cognitiva,  é possível compreender como ocorre a aprendizagem humana relacionando-a com o funcionamento do sistema nervoso. Esses conhecimentos científicos, aplicados nos contextos educacionais das instituições de ensino,  apontam-nos que é muito importante tratar habilidades, competências e conteúdos, mas, além disso, é necessário olharmos para as funções cognitivas.

O Neuropsicopedagogo é capaz de realizar uma avaliação neuropsicopedagógica, detalhando questões importantes sobre as funções cognitivas, as quais estão imbricadas à aprendizagem. Trabalha na identificação dos obstáculos que possam causar tais dificuldades e descreve com cientificidade, através de indicadores, os possíveis motivos pelos quais elas ocorrem. Ainda, pode orientar ações sequenciais por parte da família através de encaminhamentos a outros profissionais da área da saúde que possam auxiliar no caso.

O Programa Neuropsicopedagogia DUO tem por objetivo oportunizar o ingresso através de matrícula e contrato único em dois cursos do Núcleo de Neuropsicopedagogia, a fim de obter duas titulações com efeito de profissionalização: Neuropsicopedagogo Clínico e Neuropsicopedagogo Institucional conforme previsto na Classificação Brasileira de Ocupações (CBO) e no Código de Ética Técnico-Profissional da Sociedade Brasileira de Neuropsicopedagogia - SBNPp. Para tal, após a conclusão do programa receberá dois certificados de conclusão de curso.

Objetivos do Curso:
- Compreender e analisar as necessidades específicas de cada indivíduo, abrangendo pessoas com dificuldades de aprendizagem, transtornos do neurodesenvolvimento e/ou deficiências, bem como sujeitos em risco social, promovendo reintegração pessoal, social e educacional através da prática clínica em neuropsicopedagogia.
- Compreender o  processo de aprendizagem, considerando o desenvolvimento típico e atípico à luz da Neuropsicopedagogia, para atuar em contexto coletivo como instituições de ensino públicas e privadas na Educação Básica, Ensino Superior e Terceiro Setor.

Público-alvo:
Neuropsicopedagogia Clínica: Profissionais graduados nas áreas da Educação, com licenciatura ou bacharelado nos cursos de Pedagogia, Letras, Matemática, entre outras e, na área da Saúde, para graduados em Psicologia, Terapia Ocupacional, Fonoaudiologia e outros profissionais que atuam em setting clínico.

Neuropsicopedagogia Institucional: Profissionais graduados nas áreas da Educação, com licenciatura ou bacharelado nos cursos de Pedagogia, Letras, Matemática, entre outras e, na área da Saúde, para graduados em Psicologia, Terapia Ocupacional, Fonoaudiologia, Serviço Social e outros profissionais que compõe a equipe multiprofissional.

Formato do curso:
- Aulas ao vivo, 100% do conteúdo será disponibilizado pelo professor por meio da plataforma de videoconferência em um formato semelhante ao encontro presencial com possibilidade de interação imediata.

- Turma disponível para ingresso:
- Início: 21 de Maio de 2024, encontros às terças-feiras das 18h45 às 22h45, no horário de Brasília

As disciplinas de Estágio Supervisionado I, II e III, são ofertadas Sábado e Domingo das 08h às 18h, no horário de Brasília.

Viva a Experiência CENSUPEG

Zairelusa Napar

Aluna CENSUPEG

Estudar na CENSUPEG, com certeza foi uma das melhores escolhas da minha vida, ela é completa... Profissionais nota 10!!! Sigo feliz e realizada em busca do meu grande sonho, que é me formar na melhor faculdade.

Iago Nunes Lentz

Aluno CENSUPEG

A Faculdade Censupeg dispõe de profissionais de alta qualificação e muita empatia. Tenho certeza que terei um ótimo suporte para continuar minha caminhada, que será intensa e cheia de aprendizado. Por aqui, aprendemos fazendo, se divertindo e procurando dentro de nós, formas para fazermos o melhor pela educação.

Júnia Coelho

Aluna CENSUPEG

Estar cursando o ensino superior é um sonho que está se realizando, tenho muito orgulho de estar neste caminho. A palavra que mais define tanto a CENSUPEG, quanto o curso que escolhi é amor. A professora é uma pessoa iluminada, inspiradora e uma excelente profissional, sempre tira minhas dúvidas e torna as aulas mais leves e divertidas. Enfim, só tenho a agradecer por fazer parte deste time, sinto-me realizada por ter escolhido a melhor faculdade, que faz me apaixonar cada dia mais pela minha nova área de atuação.

Disciplinas

  • Apresenta as estruturas neurobiológicas e os processos orgânicos da aprendizagem de acordo com as fases do desenvolvimento humano. Considera que os fatores sociais, pedagógicos, emocionais, bem como a própria neuroplasticidade podem influenciar ou alterar tanto a aprendizagem quanto o desenvolvimento, estudando, consequentemente, questões típicas e atípicas a eles relacionados.
  • Estuda o funcionamento do sistema nervoso para compreender como ocorre o aprendizado, a memória, a atenção e o comportamento em uma interface com práticas do sistema educacional formal. Disso decorre o conhecimento dos processos de Autorregulação (funções executivas) e dos comportamentos de risco (questões socioeconômicas, alimentação, rotinas de sono) para compreender como aspectos orgânicos, sociais, pedagógicos, emocionais e ontogenéticos influenciam a aprendizagem.
  • Estuda à luz de documentos DSM-5, CID-10/11 e CIF os principais transtornos e síndromes encontrados no âmbito educacional, bem como identifica as perdas das funções cognitivas em cada um e discute os modelos, técnicas e estratégias de aprendizagem a eles relacionados.
  • Trata da legislação brasileira e das políticas vigentes as quais regem a modalidade da Educação Especial em âmbito nacional, garantindo a inclusão como direito aos que por ela são atendidos.
  • Compreende estudos, discussões sobre como os fármacos utilizados nos tratamentos de saúde contribuem para regular questões neurológicas e psiquiátricas que resvalam no processo de aprendizagem.
  • Conceitua a Neuropsicopedagogia e sua identidade como ciência da aprendizagem nos campos de atuação institucional e clínico, segundo o Código de Ética da Sociedade Brasileira de Neuropsicopedagogia (SBNPp) e apresenta o arcabouço teórico desta ciência, caracterizando os conceitos essenciais para a atuação profissional.
  • Apresenta o perfil profissiográfico, competências inerentes às profissões nos contextos clínicos e institucional, detalhando a atuação em cada um deles, com diretrizes para organizar e selecionar seu instrumental de trabalho.
  • Compreende os processos de crescimento, desenvolvimento humano, maturação e desenvolvimento motor do ser humano, bem como dos fatores que os afetam, identificando questões típicas e atípicas que influenciam na aprendizagem humana embasados no DSM-V, relacionando essas questões a instrumentalização do futuro profissional para a atuação neuropsicopedagógica institucional e clínica.
  • Aborda as bases neurobiológicas relacionadas a cálculo, lógica e outras habilidades matemáticas, apontando questões típicas e atípicas desta função cognitiva. Analisa os aspectos da numeracia, noções espaciais, situações-problemas outras funções executivas, conforme indicadores do DSM-V. Relaciona todos estes elementos abordados anteriormente a atuação institucional e clínica.
  • Aborda as bases neurobiológicas relacionadas à atenção e memória, apontando questões típicas e atípicas no seu desenvolvimento. Relaciona as questões atípicas aos indicadores do DSM-V, instrumentalizando o acadêmico quanto à atuação institucional e clínica.
  • Estuda os fundamentos, as bases neurológicas, o desenvolvimento normal e alterações da linguagem oral e escrita, embasado no DSM-V. Apresenta a instrumentalização do futuro profissional dos contextos clínicos e institucional.
  • Estuda a definição das funções executivas e sua relação com a aprendizagem, as alterações que podem ocorrer dentro do que é correspondente ao nível de desenvolvimento, tendo como base indicadores do DSM-V. Aborda a instrumentalização futuro profissional nos contextos clínicos e institucional.
  • Estuda as especificidades do perfil profissiográfico voltado para área institucional, as formas de organização do trabalho junto da equipe técnica da escola, dos sistemas educacionais público e privado e de outras instituições de ensino que abrangem níveis e modalidades de educação específicos, bem como a importância de conhecer áreas da saúde para encaminhamentos específicos de estudantes.
  • Discute os fundamentos para a identificação das dificuldades, defasagens e obstáculos de aprendizagem com o objetivo de compreender sua relação com baixo rendimento acadêmico e escolar.
  • Estuda as estratégias neuropsicopedagógicas para promover a aprendizagem a partir de dificuldades e potencialidades de aprendizagem, através de projetos específicos com metas iniciais, intermediárias e finais.
  • Analisa as peculiaridades do Terceiro Setor no atendimento às crianças e adolescentes e identifica a relação do trabalho desempenhado pelas instituições com o aspecto educacional, visando ao desenvolvimento de projetos que auxiliem na reintegração acadêmica dos que são atendidos por elas.
  • Discute o sociograma como técnica para identificação de fatos sociométricos que permitem a análise de classes escolares e/ou grupos de pessoas, compreendendo a partir das escolhas sociais como as relações se estabelecem entre os indivíduos que os compõem e como estas influenciam na aprendizagem humana, baseado no Código de Ética Técnico-Profissional da Sociedade Brasileira de Neuropsicopedagogia – SBNPp.
  • Estuda e discute a partir de encontros promovidos pelo nosso LIEENP – Laboratório de Inovações Educacionais e Estudos Neuropsicopedagógicos, formas de atuação profissional no contexto clínico e institucional através de práticas baseadas em evidências científicas para desenvolvimento de competências profissionais com o propósito de inovação.
  • Estuda as especificidades do perfil profissiográfico voltado para área clínica, as formas de organização do trabalho em setting clínico, a importância do trabalho em equipe multiprofissional, da supervisão clínica no início da carreira e estruturação do raciocínio neuropsicopedagógico e suas peculiaridades.
  • Discute os fundamentos da avaliação neuropsicopedagógica: levantamento de hipótese diagnóstica por meio dos indicadores, delineamento de prognóstico e trabalho em equipe multiprofissional.
  • Discute os fundamentos da intervenção neuropsicopedagógica: planejamento e etapas da intervenção, avaliação de resultados e trabalho em equipe multiprofissional.
  • Estuda casos clínicos reais e hipotéticos de pacientes com o objetivo de embasar o treino e exercícios de habilidades que o levem à elaboração do raciocínio neuropsicopedagógico em contexto clínico que, necessariamente, será vivenciado durante o Estágio Supervisionado.
  • Analisa a utilização do recurso lúdico como jogos, brincadeiras, softwares educativos no processo de intervenção neuropsicopedagógica clínica.
  • Apresenta a estrutura da atividade de Supervisão Clínica pelo Neuropsicopedagogo Clínico aos colegas da área.
  • Estuda a anamnese e a sua importância na investigação do desenvolvimento motor e comportamental, visando um conhecimento global do sujeito que aprende. Analisa o material quantitativo e qualitativo a ser utilizado na avaliação e intervenção neuropsicopedagógica.
  • Discute a seleção de instrumentos avaliativos a ser aplicado durante as sessões, tendo como referência os dados obtidos na entrevista inicial com os pais [anamnese] e a observação feita em contato com a criança/adolescente.
  • Discute as orientações básicas para o estudo de caso, visando ao plano de trabalho (ação) para a prevenção e/ou intervenção. Executa o registro formal de todo o processo [elaboração do relatório clínico], de forma articulada com a prática profissional e com as atividades de pesquisa.
  • Estuda e discute a partir de encontros promovidos pelo nosso LIEENP – Laboratório de Inovações Educacionais e Estudos Neuropsicopedagógicos, formas de atuação profissional no contexto clínico e institucional através de práticas baseadas em evidências científicas para desenvolvimento de competências profissionais com o propósito de inovação.

(*) Estas disciplinas devem ser cumpridas pelo acadêmico através da participação nas aulas e acessos aos materiais disponíveis no AVA – Ambiente Virtual de Aprendizagem, incluindo a realização da avaliação.
(**) Estas disciplinas são ofertada da seguinte forma: 15h com a participação do acadêmico na aula e 15h dedicadas a estudos no AVA – Ambiente Virtual de Aprendizagem, incluindo a realização da avaliação.
(***) As disciplinas de Estágio Supervisionado I, II e III, são ofertadas Sábado e Domingo (das 08h às 18h), conforme cronograma disponível no portal do acadêmico.
(****) Esta disciplina deve ser cumprida com participações do acadêmico nas reuniões do LIEENP – Laboratório de Inovações Educacionais e Estudos Neuropsicopedagógicos. Para detalhes sobre essas reuniões consulte o AVA – Ambiente Virtual de Aprendizagem.

Embaixadora da Neuropsicopedagogia CENSUPEG no Brasil


Profa. Dra. Rita Russo

Autora das maiores obras em Neuropsicopedagogia no país. Doutora pela Universidade de São Paulo USP (2003). Psicóloga, Pedagoga, Letras. Especializações: Neuropsicologia HC FM-USP; Terapia Cognitiva pelo ITC/SP; Violência Doméstica e Sexual-USP; Neuropsicopedagogia Clínica e Educação Especial Inclusiva Censupeg/SC; Psicopedagogia Clínica e Institucional FEC/SP. Na área clínica tem experiência no atendimento a crianças, adolescentes, adultos e idosos. Atua nas áreas de avaliação, reabilitação e intervenção em Psicologia (TCC), Neuropsicologia, Neuropsicopedagogia e Psicopedagogia. Atua na supervisão clínica dessas áreas. Professora nos cursos de especialização em Terapia Cognitiva Comportamental, Reabilitação Cognitiva, Neuropsicologia e Neuropsicopedagogia. Coordenadora de Cursos de Pós-Graduação de Terapia Cognitiva Comportamental e Reabilitação Cognitiva da Faculdade de CENSUPEG. Experiência em Coordenação de Cursos de Graduação, Pós-Graduação e Livres (Terceira Idade). Coordenação de Projetos de Pesquisa e Extensão nas áreas de Psicologia, Pedagogia, Letras e Comunidade. Na área pedagógica tem experiência em administração escolar, orientação educacional, psicopedagogia institucional, além da docência em educação infantil, ensino fundamental e médio, graduação e pós-graduação.


Coordenador Técnico, Neurocientista e Líder do LIENPp (Laboratório de Inovações e Estudos Neuropsicopedagógicos)


Prof. Dr. Fabrício Cardoso

Doutor em Ciências Biológicas (Biofísica) na Universidade Federal do Rio de Janeiro (2018). Mestre em Ciência da Motricidade Humana. Atualmente é coordenador do Curso de Educação Física e Líder do Laboratório de Inovações Educacionais e Estudos Neuropsicopedagógicos - LIEENP da Faculdade CENSUPEG; professor convidado da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Autor de mais de 30 trabalhos na área de Neuropsicopedagogia, Neurociências e Educação; duas vezes vencedor do prêmio Dica de mestre categoria Educador no congresso Aprender Criança, um dos maiores congressos de neurociências e educação da América Latina.


Professor


Prof. Dr. Luiz Antonio Correa

Presidente da Sociedade Brasileira de Neuropsicopedagogia (SBNPp). Doutor em Psicologia pela USAL - Buenos Aires - Argentina. Com formação em Psicanálise, Pedagogo e Psicólogo, já atuou na área de psicologia clínica, psicanalista; psicólogo hospitalar; organizacional, como gestor de recursos humanos e educacional e como psicólogo escolar. Palestrante e Professor universitário, ministra atualmente palestras em congressos, seminários e simpósios nacionais e internacionais. Ministra aulas em cursos de pós-graduação em vários estados brasileiros e também no exterior, disciplinas referentes à educação, psicanálise, neurociência, neuropsicologia e neuropsicopedagogia.


Professor


Prof. Msc. Michel Vicentine Martins

Mestre em Educação, Gestor Escolar e implementador de políticas públicas transdisciplinares e inovadoras para Redes e Sistemas Públicos de Ensino. Atuação como formador para docentes de Redes Municipais e Estadual (SP) da BNCC para gestores e professores. Articulador da prática da BNCC para a Prática, Planejamento e Avaliação dos profissionais da educação. Experiência como docente da Educação Básica e Ensino Superior. Neuropsicopedagogo Clínico (CENSUPEG), Especialista em Alfabetização e Letramento, Licenciado em Educação Musical (UFSCar - SP) e Pedagogo (Faculdade Paulista de Educação e Comunicação). Autor do Livro "A música e o processo educativo - Atos, Cenas e Recortes Pedagógicos" pela editora Loyola e Coautor do livro Reflexões para o Despertar da Consciência Ética.


Professor


Prof. Dr. Francisco Romero Cabral

Doutorado em Neurologia / Neurociências na Universidade Federal de São Paulo (2007), Mestrado em Farmacologia na Universidade Federal do Ceará (2001) e graduação em Farmácia na Universidade Federal do Ceará (1994). Professor Visitante do Programa de Pós-Graduação em Bioquímica e Bioprospecção da Universidade Federal de Pelotas, RS; Professor Convidado do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciências da Saúde (Nível Mestrado e Doutorado) da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Pesquisador do Instituto do Cérebro do Hospital Israelita Albert Einstein (2008 - 2017). Tem experiência na área de Farmacologia, com ênfase em Neurociências, atuando principalmente nos seguintes temas: Epilepsia, Acidente Vascular Encefálico, Neuroquímica e Neurofarmacologia.


Professora


Profa. Mda. Ana Paula Oliveira da Silva Diatchuk

Psicóloga pela Universidade Metodista de Piracicaba e Neuropsicopedagoga pela Faculdade CENSUPEG, instituição pioneira no país nesta área, também é Especialista em Transtorno do Espectro Autista pela Faculdade CENSUPEG. Atualmente é aluna mestranda pela Fundação Universitária Iberoamericana (FUNIBER). Atua como psicóloga da educação da PREFEITURA MUNICIPAL DE MAIRINQUE. Tem experiência na área da Psicologia, com ênfase na área clínica e educação. Desenvolve trabalhos relacionados às áreas de Equipe de Educação e Transtornos da Aprendizagem, Transtorno do Espectro Autista (TEA) e Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade (TDAH), com atuação junto à formação de professores e atendimento em Educação Especial Inclusiva. Também é professora nos Programas de Pós-Graduação nas áreas da Neuropsicopedagogia, Autismo e atua na Orientação de Artigos científicos.


Professora


Profa. PhD. Jackeline Moraes Malheiros

Pós-doutorado em Neurologia/Neurociências pela UNIFESP. Doutorado e Mestrado em Neurologia/Neurociências pela UNIFESP com colaboração do Centro de Imagens e Espectroscopia in vivo por Ressonância Magnética (CIERMag) do Instituto de Física da USP de São Carlos. Graduação em Física Médica pela UNESP - Botucatu. Professora da disciplina de Neurofisiologia da UNIFESP campus SP de 2017-2019. Psicopedagoga Clínica e Institucional (Univap), pós-graduanda em Análise do Comportamento Aplicada (ABA) para TEA – Transtorno do Espectro Autista (Censupeg), mediadora do Programa de Enriquecimento Instrumental - PEI (Instituto CBM – SP/Instituto Feuerstein-Israel) e capacitadora do Programa de Estimulação da Atenção (PEA). Áreas de atuação de pesquisa: imagens de ressonância magnética, MEMRI (Maganese-enhanced MRI), neurofisiologia, modelos animais de epilepsia e estimulação nociceptiva neonatal, estimulação cerebral profunda, neurofeedback, ondas de choque extracorpórea em doenças neurológicas e vulnerabilidade à Covid-19 e Síndrome de Down.


Professora


Profª. Ana Lucia Hennemann

Neuropsicopedagoga Clínica, ex-membro do Conselho Técnico Profissional da SBNPp (Sociedade Brasileira de Neuropsicopedagogia) gestão (2016-2018) (2018 -2020) graduada em Licenciatura para os Anos Iniciais do Ensino Fundamental - Curso Normal Superior pelo Instituto Superior de Educação Ivoti (2009), Especialista em Alfabetização pela Universidade Cidade de São Paulo (2010). Especialista em Neuropsicopedagogia e Educação Especial Inclusiva pela FAFIPA (2012) e Especialista em Neuropsicopedagogia Clínica (JANGADA). Especialista em Neuroaprendizagem (UNOPAR). Especialista em Gestão e Liderança pela Faculdade SÃO FIDELIS (2021). Cursando especialização em Educação 5.0: metodologias ativas, tecnologias disruptivas e inovação acadêmica no ensino superior. Atualmente é professora em cursos de Pós-graduação pelo CENSUPEG nas disciplinas relacionadas a Neuropsicopedagogia Clínica e Institucional. Co-fundadora e Diretora Pedagógica na Plataforma Educacional Neurons ( sistema on-line de avaliação e intervenção de funções cognitivas e executivas envolvidas na alfabetização)


Professor


Prof. Dr. Alfred Sholl Franco

Doutor e Mestre em Ciências Biológicas (Modalidade Biofísica), Biólogo e Neurocientista. Atualmente é Professor Associado I (UFRJ, IBCCF, Programa de Neurobiologia) e atua como Superintendente de Formação Acadêmica em Extensão (PR-5/UFRJ), Coordenador do Núcleo de Divulgação Científica e Ensino de Neurociências (NuDCEN/IBCCF - www.cienciasecognicao.org), Pesquisador Associado ao Laboratório de Neurogênese (IBCCF, UFRJ). Dedica-se à Pesquisa Básica em desenvolvimento do sistema nervoso (proliferação, diferenciação e morte celular), neuroimunomodulação, neuroplasticidade, neurodegeneração e regeneração. Realiza ainda Pesquisa Aplicada em Neuroeducação, nas áreas de corporeidade, aprendizado, distúrbios da aprendizagem, narrativa, alfabetização, artes e inclusão. Tem experiência nas áreas de Neurociências, Neuroeducação, Divulgação Científica e Editoração Eletrônica. Coordeno o Centro de Estudos em Neurociências e Educação (Grupo de Pesquisa CNPq NEUROEDUC) e o Grupo de Pesquisa em Neuroimunologia (CNPq). É membro permanente da Sociedade Brasileira de Neurociências e Comportamento (SBNeC), da Society for Neuroscience (SfN), da International Mind, Brain and Education Society (IMBES) e da Rede Nacional de Ciência para a Educação (CpE). É Fundador e Editor-Chefe da revista científica "Ciências e Cognição (CAPES Qualis B1 em Psicologia e B2 em Educação e Ensino). É membro permanente das Pós-Graduações da UFRJ em Ciências Biológicas (Biofísica - conceito Capes 7) e MP-EGeD (conceito Capes 4) e da Pós-Graduação da UFF em Diversidade e Inclusão (CMPDI - Conceito Capes 4). I am a Biologist, Neuroscientist, MSc. and PhD in Biological Sciences (Biophysics, URFJ). Currently I work as Associate Professor I (UFRJ, IBCCF, Neurobiology Program), Superintendent of Academic Training in Extension (PR-5 / UFRJ), Coordinator of the Center for Scientific Outreach and Neuoscience Teaching (NuDCEN / IBCCF - www.cienciasecognicao. org), and Associated Researcher at Neurogenesis Laboratory (IBCCF, UFRJ). I am dedicated to Basic Research in nervous system development (proliferation, differentiation, and cell death), neuroimmunomodulation, neuroplasticity, neurodegeneration, and regeneration. My work is also releated to Applied Research in Neuroeducation, corporeality, learning, learning disorders, literacy, narrative, arts, and inclusion. I have experience in the areas of Neuroscience, Neuroeducation, Scientific Outreach, and Electronic Publishing, coordinating the Center for Neuroscience and Educational Studies (NEUROEDUC Research Group, CNPq) and the Neuroimmunology Research Group (CNPq). I am permanent member of the Brazilian Society of Neuroscience and Behavior (SBNeC), the Society for Neuroscience (SfN), the International Mind, Brain and Education Society (IMBES), and the National Science for Education Network (CpE). I am the Founder and Editor-in-Chief of the scientific magazine "Sciences and Cognition".


Professor


Prof. Dr. Filipe Meneguelli Bonone

Doutor em Ciências Neurologia/Neurociências pela Universidade Federal de São Paulo e Mestre em Neurologia Experimental pela Universidade Federal de São Paulo, Professor da Pós-Graduação em Neuropsicopedagogia da Faculdade CENSUPEG, Membro do conselho Técnico da Sociedade Brasileira de Neuropsicopedagogia SBNPp, Palestrante em diversos estados brasileiros com os temas de Neurociências e Educação, Bases Neurobiológicas da Aprendizagem, Desenvolvimento Humano: Transtornos, Síndromes e Potencialidades no âmbito da Aprendizagem, Neuropsicofarmacologia, Neurodesenvolvimento e Janelas de Oportunidade.