Saúde Mental e Atenção Psicossocial

Pós-Graduação Presencial

Apresentação

Objetivo:
Preparar profissionais para o cuidado em Saúde Mental, numa perspectiva transdisciplinar, de modo que estes possam desempenhar com ética e competência suas atividades profissionais sob a abordagem psicossocial, seja no campo da organização do processo de trabalho, da reabilitação psicossocial ou do cuidado (individual, familiar e coletivo) à saúde ou doença, garantindo a qualidade na assistência em todos os níveis, serviços e dispositivos de assistência públicos ou privados.

Público Alvo:
Profissionais graduados, Psicólogos, profissionais da área da saúde e assistência social entre outros que tenham interesse na área.

Formato do Curso:
As Aulas acontecem aos sábados e domingos, uma vez ao mês, das 8 às 18h. 



Disciplinas

  • Rede de Atenção Psicosocial. Niveis de complexidade no SUS. Organização dos serviços de atenção psicossocial territorial. Saúde mental e Atenção Básica e Atenção Psicosocial. Saúde mental no hospital geral. Rede de trabalho: oficinas, cooperativas e políticas de inclusão. Vínculo terapêutico. Construção da rede. Referência e contra-referência.
  • A psicofarmacologia, abordando a neurofisiologia do sistema nervoso central, os mecanismos de ação, interação medicamentosa, contraindicação e efeitos colaterais, bem como o tratamento para a dependência química.
  • Avaliação e diagnóstico no campo da saúde mental. Classificações internacionais de doença. Psicopatologias. Sofrimento Psíquico. Diagnóstico e trabalho em equipe.
  • Características das substâncias psicoativas. Ferramentas para avaliação e tratamento do usuário de substâncias psicoativas, assim como discutir a Legislação e Política Nacional para Atenção Integral aos Usuários de Álcool e outras Drogas. Família e uso de drogas, Abordagens Terapêuticas. Modalidade de Assistência e rede de atenção aos usuários de álcool e outras drogas.
  • Reabilitação Psicosocial; clinica ampliada; equipe de referência e apoio matricial; projeto terapêutico singular; política nacional de humanização; Compreensão ampliada do processo saúde-doença; A transformação dos “meios” ou instrumentos de trabalho; Suporte para os profissionais de saúde; estratégias de reabilitação psicossocial; oficinas terapêuticas. Redução de Danos.
  • Os modelos de gestão: as relações de poder bem como sobre a organização dos serviços e o controle social; legislação; reforma da assistência em saúde mental; gestão e organização do processo de trabalho nos diversos cenários assistenciais.
  • Cuidado compartilhado. Continuidade das ações de cuidado. Integralidade. Intersetorialidade. Acolhimento. Dispositivos de compartilhamento de cuidado. Noções e regulações de acesso. Processo de trabalho. Alta assistida. Vínculo com serviços substitutivos.
  • Reforma Psiquiátrica Brasileira. Política Nacional de Saúde Mental e Economia Solidária: Inclusão Social, geração de renda, educação inclusiva, trabalho em rede SUS e SUAS; Doença Mental e Sociedade; Legislação em saúde mental. Regulamentação das internações involuntárias. Avaliação dos Serviços hospitalares. Financiamento. Direito e Saúde Mental. Instituições penais. Ética e Bioética e a interdisciplinaridade na Atenção Psicossocial.
  • O atendimento à crise. A postura do profissional de saúde mental. A valorização do sujeito. A escuta terapêutica. O auxílio psicofarmacológico. A atual situação da criança e do adolescente no Brasil contemporâneo, participação da família na assistência, o uso abusivo de substâncias psicoativas, vulnerabilidade social, violência, subjetividade, fatores de risco e proteção, saúde integral e desajustes individuais e sociais.
  • O cuidado das pessoas nas situações mais frequentes de urgência e emergência em saúde mental. Diagnóstico, abordagem e tratamento das emergências Psiquiátricas no pré-hospitalar e na sala de emergência. Técnicas de contenção de pacientes agitados, medicações, acompanhamento familiar. Parte legal da abordagem e contenção.
  • Tendências em cuidados de saúde mental. Impacto dos problemas relacionados ao sofrimento psíquico. Cuidado humanizado. Grupo e outras abordagens que podem ser utilizadas no enfrentamento dos problemas de saúde mental e transtornos psiquiátricos. Equipe multiprofissional e atenção à saúde mental. Gestão autônoma da medicação.
  • Vivências práticas em serviços de atendimento em saúde mental.
  • Discute o desenvolvimento humano e aspectos relacionados a aprendizagem para organização da prática docente em âmbito acadêmico, considerando a didática como princípio de organização técnica-pedagógica. Apresenta formas de organização de planejamento, ensino e avaliação de conteúdo, focando no trabalho com as Metodologias Ativas de Aprendizagem. Estas, por sua vez, possibilitam que os estudantes sejam autores e pesquisadores no seu processo de construção de conhecimento.
  • Aborda as diferenças entre os tipos de conhecimento, colocando os diferenciais do conhecimento científico e como funciona a sua produção através de diferentes Métodos e técnicas de pesquisa. Apresenta processos de análise de fatos, dados, teorias e revisão literária, apontando como elaborar um texto científico, considerando os padrões éticos de pesquisa e autoria, de acordo com as normas da ABNT.
  • Ciência e produção do conhecimento. Conceitos e concepções de pesquisa. A pesquisa como princípio científico. Pesquisa: abordagem quantitativa e qualitativa. Método e metodologia. Métodos de pesquisa. A capacidade de comunicar a pesquisa através da escrita científica. A satisfação pessoal através da autonomia da escrita.

(*) Disciplinas acontecem pautadas na Metodologias Inovadoras de Aprendizagem e são oferecidas no AVA – Ambiente Virtual de Aprendizagem acadêmico.

(**) Disciplinas onde a experiência de aprendizagem ocorre exclusivamente na modalidade presencial.

(***) O Módulo opcional estará disponível no portal do acadêmico, mediante rematrícula no curso e aceite em Contrato de Prestação de Serviços com valores adicionais.

Diferenciais

  • Aulas presenciais com as maiores referências na área.

  • Seu certificado emitido pela Faculdade que é nota MÁXIMA (5) no MEC.

  • Corpo docente de diferentes regiões do Brasil composto por mestres e doutores em sua maioria.

  • Curso com a qualidade CENSUPEG, instituição reconhecida por ter uma das maiores e melhores estruturas de pós-graduação na modalidade presencial do Brasil.