Terapia Cognitivo-Comportamental | TCC

Pós-Graduação Presencial

Apresentação

A Terapia Cognitivo-Comportamental constitui área de conhecimento em expansão, atraindo o interesse de grande número de profissionais da Psicologia e Psiquiatria. A Terapia Cognitivo-Comportamental vem ampliando sua aplicabilidade no tratamento de diversos transtornos psiquiátricos. Atualmente a TCC tem sido considerada a terapia de escolha para uma série de condições com base em estudos de eficácia, que tem apontado resultados notáveis em um período breve de tratamento.

O curso de Pós-graduação em Terapia Cognitivo-Comportamental tem como objetivo formar profissionais capacitados com conhecimento teórico-prático nas diferentes abordagens dentro da Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC) contemporânea, em suas principais vertentes e modelos.

O curso de Pós-Graduação em Terapia Cognitivo-Comportamental visa oferecer aos profissionais os fundamentos e conhecimentos necessários para o diagnóstico, conceitualização, intervenção e tratamento dos transtornos mentais com emprego de ferramentas conceituais e estratégias metodológicas da Terapia Cognitivo-Comportamental, promovendo a excelência nesta abordagem psicoterápica.

Público-Alvo:
Psicólogos.

Formato do Curso:
As Aulas acontecem aos sábados e domingos, uma vez ao mês, das 8 às 18h. 



Disciplinas

  • Estuda a origem, o fundamento histórico e filosófico das TCCs; o desenvolvimento e os princípios das teorias cognitivas. Discute os campos de atuação e suas especificidades. Estuda a estrutura das sessões, a conceituação cognitiva, o Plano de Tratamento, bem como o uso de técnicas cognitivas e comportamentais. Analisa e se instrumentaliza com a estrutura do relatório de avaliação em TCC e do relatório clínico. Discute os instrumentos de avaliação em TCC.
  • Discute e estuda as bases da psicopatologia, os princípios do diagnóstico psiquiátrico pelo DSM –V e CID 10 e os critérios diagnósticos das psicopatologias mais prevalentes, as comorbidades e o diagnóstico diferencial.
  • Estuda os principais processos básicos que compõe a personalidade humana, além das influências genéticas no comportamento e personalidade. Identifica as características diagnósticas e conceituais dos Transtornos da Personalidade, as comorbidades e o tratamento cognitivo-comportamental. Discute os instrumentos de Avaliação e analisa caso clínico.
  • Discute a nomenclatura dos psicofármacos e os conceitos básicos de farmacologia clínica. Analisa as principais medicações utilizadas nos transtornos de personalidade e humor: ansiolíticos e hipnóticos; antidepressivos; antipsicóticos e neurolépticos, estabilizadores de humor e anticonvulsivantes, psicoestimulantes. Indicações, efeitos adversos, interações medicamentosas e dependência.
  • Estuda os transtornos de humor segundo CID 10 e DSM-V. Estuda a classificação geral dos Transtornos de Ansiedade e de Depressão (Ansiedade generalizada, Fobias, Fobia Social, Pânico, Transtorno do estresse pós-traumático, e Transtorno Obsessivo-Compulsivo) bem como os modelos cognitivos da depressão e da ansiedade. Discute os instrumentos de Avaliação e analisa caso clínico.
  • Discute as técnicas cognitivas e comportamentais aplicadas na infância e adolescência, o manejo com a família, a entrevista e as orientações com os pais. Discute os transtornos do neurodesenvolvimento segundo o DSM-V, com ênfase no TDAH e comorbidades (TOD, TC, Ansiedade e Depressão, bipolaridade.); e no TEA. Discute os avanços da terapia cognitiva no TDAH em crianças, adolescentes e adultos e nas comorbidades. Analisa os princípios de mindfullness aplicados no TDAH. Discute os instrumentos de avaliação, de intervenção e analisa caso clínico.
  • Discute o modelo da TCC em dependentes químicos, a etiologia e epidemiologia do uso de drogas. Estuda os transtornos relacionados a substâncias como: álcool, cannabis, alucinógenos, opioides, sedativos, hipnóticos ou ansiolíticos, cocaína e tabano); e transtornos adictivos (transtorno do jogo, dependência de internet, sexo, pornografia...). Analisa as distorções cognitivas e crenças permissivas. Estuda o conceito, a classificação do uso de substâncias psicoativas, a síndrome da dependência química e o modelo das adições e recaídas. Discute os instrumentos de Avaliação e analisa caso clínico.
  • Estuda as características gerais dos transtornos alimentares, a evolução e prognóstico da infância à idade adulta e os programas de enfrentamento da obesidade. Estuda o tratamento psicoterápico cognitivo-construtivista, a terapia cognitivo-comportamental em grupo e individual. Discute os instrumentos de Avaliação e analisa caso clínico.
  • Estuda a aplicação da TCC no tratamento de transtornos relacionais de casais e famílias. Analisa as principais disfunções relacionais dos casais e famílias. Estuda o processo de tratamento na terapia de casal: aceitação emocional, conexão empática, distanciamento unificado do problema, construção da tolerância, treinamento de habilidades sociais conjugais, solução de problema aplicado a casais e famílias. Discute os instrumentos de Avaliação e analisa caso clínico.
  • Estuda a definição de habilidades sociais, a redução de ansiedade social, a reestruturação cognitiva e a solução de problemas aplicada ao THS. Estuda a empatia e a assertividade, comunicação não verbal, ensaio comportamental e modelação. Exercícios práticos em grupo. Discute os instrumentos de Avaliação e analisa caso clínico.
  • Estuda os estilos de atribuição no contexto organizacional segundo os pressupostos de Martin Seligman. Discute a aplicação de conceitos, estratégias e técnicas cognitivas e comportamentais no contexto organizacional. Discute as metas, o planejamento, o gerenciamento de tempo, a assertividade, visando melhoria de qualidade de vida e comunicação organizacional. Analisa os transtornos mais recorrentes como o estresse, a depressão, o TOC e a ansiedade. Discute os instrumentos de Avaliação e analisa caso clínico.
  • Discute as disfunções sexuais masculinas e femininas segundo a classificação do CID 10 e DSM-V (disfunções sexuais, transtornos de preferência e de identidade). Analisa um caso clínico.
  • Discute a influência de processos cognitivos sobre sentimentos e comportamentos. Estuda o paradigma “A B C” de Ellis: evento ativador, crenças e consequências. Discute as técnicas da inundação, dessensibilização, a exposição ao vivo, treino de habilidades sociais.
  • Estuda a terapia focada no esquema de Jeffrey Young e da compaixão de Paul Gilbert. Analisa as estratégias e natureza das duas formas de terapia. Discute caso clínico
  • Estuda a origem do conceito, as práticas e as aplicações; e o modelo MBSR terapia de aceitação e compromisso de Steven Hayes. Discute o conceito da mindfulness (atenção plena), as habilidades no manejo do estresse; e a capacidade de estar atento a todos os momentos da vida. Estuda as noções básicas de técnicas meditativas e de relaxamento. Discute caso clínico.
  • Estuda o conceito e a prática da terapia comportamental dialética de MarshaLinehan; o modelo de intervenção, os tipos de comportamento clinicamente relevantes e as regras básicas da Terapia Analítica Funcional desenvolvida por Robert J. Kohlenberg e MavisTsai. Discute um caso
  • Instrumentaliza os alunos sobre os aspectos legais e práticos do atendimento em terapia cognitivo-comportamental. Orienta a escolha da faixa etária do paciente a ser atendido pelo aluno, bem como discute a elaboração da avaliação, da intervenção e da elaboração do relatório de avaliação em TCC. Supervisiona a apresentação do caso atendido e avaliado, que será feita pelo aluno em forma de seminário. Discute a elaboração do relatório clínico com base no relatório de avaliação/intervenção.
  • Elaboração de um artigo científico baseado em caso clínico atendido na modalidade de terapia-cognitiva-comportamental.
  • Define métodos, projetos, metodologias, conceitos e concepções de pesquisa. Estuda a ciência como produção do conhecimento e a pesquisa como princípio científico. Conceitua e estuda as abordagens quantitativa e qualitativa da pesquisa.
  • Estudo da formação do professor universitário: o contexto histórico e perspectivas. Análise das concepções de ensinar, de aprender e de avaliar. Caracterização da aula no ensino superior, e o planejamento, a organização e a avaliação na educação superior.

Diferenciais

  • Aulas presenciais com as maiores referências na área.

  • Seu certificado emitido pela Faculdade que é nota MÁXIMA (5) no MEC.

  • Corpo docente de diferentes regiões do Brasil composto por mestres e doutores em sua maioria.

  • Curso com a qualidade CENSUPEG, instituição reconhecida por ter uma das maiores e melhores estruturas de pós-graduação na modalidade presencial do Brasil.


Supervisora Técnica


Profa. Dra. Rita Margarida Toler Russo

Doutora pela Universidade de São Paulo USP (2003). Psicóloga – Pedagoga – Letras. Especializações: Neuropsicologia HC FM-USP; Terapia Cognitiva pelo ITC/SP; Violência Doméstica e Sexual-USP; Neuropsicopedagogia Clínica e Educação Especial Inclusiva Censupeg/SC; Psicopedagogia Clínica e Institucional FEC/SP. Na área clínica tem experiência no atendimento a crianças, adolescentes, adultos e idosos. Atua nas áreas de avaliação, reabilitação e intervenção em Psicologia (TCC), Neuropsicologia, Neuropsicopedagogia e Psicopedagogia. Atua na supervisão clínica dessas áreas. Professora nos cursos de especialização em Terapia Cognitiva Comportamental, Reabilitação Cognitiva, Neuropsicologia e Neuropsicopedagogia. Coordenadora de Cursos de Pós-Graduação de Terapia Cognitiva Comportamental e Reabilitação Cognitiva da Faculdade de CENSUPEG. Experiência em Coordenação de Cursos de Graduação, Pós-Graduação e Livres (Terceira Idade). Coordenação de Projetos de Pesquisa e Extensão nas áreas de Psicologia, Pedagogia, Letras e Comunidade. Na área pedagógica tem experiência em administração escolar, orientação educacional, psicopedagogia institucional, além da docência em educação infantil, ensino fundamental e médio, graduação e pós-graduação.